Granizo traz prejuízo de R$ 5 milhões a agricultores de Santa Rita de Cássia


Informações são do secretário de Desenvolvimento Rural, Roberto Carvalho, o Beleza

Granizo destruiu produção de folhosas em Santa Rita de Cássia
(Foto: Enviada pelo WhatsApp)

Barra Mansa – O temporal de granizo que atingiu Barra Mansa na tarde de segunda-feira (16), destruiu quase cem por cento da produção de hortaliças no distrito de Santa Rita de Cássia, onde o prejuízo estimado para os produtores rurais é de R$ 5 milhões. A informação é secretário de Desenvolvimento Rural, Roberto Carvalho, o Beleza, que passou a manhã desta terça-feira (17) na localidade, onde se reuniu com os produtores, em suas propriedades, para fazer um levantamento dos prejuízos.

– Toda a produção que estava plantada e a que iria ser colhida ficou totalmente destruída pelo granizo. Santa Rita tem cerca de 70 produtores e 90% deles perderam toda a produção a ponto de colheita para os próximos 45 dias. A distribuição para os fornecedores da região vai ser comprometida, assim como a qualidade dos produtos – afirmou o secretário.

De acordo com Beleza, diante do grande prejuízo provocado pelo temporal, a Secretaria de Desenvolvimento Rural vai estudar uma forma de incentivo, junto ao município e ao governo do estado, para que os produtores possam  retomar a produção.

– Com base no levantamento que fizemos, vamos analisar de que forma podemos ajudá-los. Mas, neste momento, é muito importante se fazer valer o comércio justo e que o consumidor, assim como as redes de supermercados  entendam a situação desses produtores até que eles consigam se reerguer. Além do consumo, que será prejudicado, existe a questão do emprego, já que são cerca de 700 trabalhadores nas lavouras e também as despesas que eles têm com a produção – explica  o secretário.

Um dos produtores prejudicados com o temporal foi o André Vicente, que fez um vídeo percorrendo a sua horta para mostrar os danos que as pedras de gelo causaram nas hortaliças. Só de alfaces ele perdeu 20 mil pés, o equivalente a um prejuízo de R$ 100 mil reais.

– Foi muito atípica essa chuva e ninguém esperava que fosse cair com a intensidade que caiu. Já aconteceu em outras épocas chuva de granizo, mas não igual a essa. Tenho 43 anos, trabalho na lavoura a vida toda e nunca vi nada igual. Hoje, após doze horas que a chuva caiu, ainda tinha muita pedra de gelo nas hortas.  O prejuízo foi muito grande, perdi cem por cento da minha produção, não sobrou nada da minha lavoura, nem pra consumo próprio – lamentou o produtor, que também perdeu produtos como coentro, cheiro verde, acelga, almeirão, entre outras folhosas.

“Um trabalho de seus funcionários. Agora só passando o trator por cima, pra plantar de novo e recuperar daqui a um mês”, finalizou.





Fonte: Diário do Vale