Fechamento do Hortifruti abre caminho para expansão do Sider Shopping

0
32


Empresa estaria em busca de novo local para reabrir na Vila Santa Cecília; projeto do shopping foi apresentado à Câmara Municipal em maio

Sider Shopping planeja se expandir para área ocupada atualmente por loja do Hortifruti
(Foto: Arquivo)

Volta Redonda – O encerramento das atividades do Hortifruti na Vila Santa Cecília, devido ao fim do contrato de locação do imóvel, é uma etapa necessária para a expansão do Sider Shopping. A intenção é unir o shopping com o prédio que abrigava o Hortifruti, na Vila Santa Cecília, através de uma passarela sobre a rua. O projeto prevê a construção de um novo prédio no lugar onde hoje fica o Hortifruti. Essa construção terá o mesmo padrão do Sider Shopping, com a diferença de que os andares de estacionamento ficarão no subsolo, em vez de acima das lojas, como é no shopping. Ainda não há informações sobre a data exata do início das obras.

A ideia de ampliar o Sider Shopping usando o espaço do prédio do Hortifruti passa pela construção de uma passarela elevada entre os dois edifícios. Para poder dar a autorização, o prefeito Antônio Francisco Neto (DEM) enviou uma mensagem à Câmara Municipal, com o projeto de Lei Municipal que tem por finalidade autorizar o Executivo a efetivar a permissão de uso de espaço aéreo localizado na Rua 12, no bairro Vila Santa Cecilia, à Caixa Beneficente dos Empregados da Companhia Siderúrgica Nacional — CBS. A mensagem foi aprovada.

De acordo com a apresentação feita a Neto, os investimentos ficarão em torno de R$ 100 milhões, e a expectativa é que sejam gerados duzentos empregos de construção civil durante a obra e trezentos empregos, incluindo pessoal do shopping e das lojas, quando a expansão estiver operando.

 

Novo local

 

Informações não confirmadas oficialmente que chegaram ao DIÁRIO DO VALE dão conta de que a empresa responsável pelo Hortifruti, que abriu recentemente uma loja no Aterrado, estaria em busca de um novo local para se instalar na Vila Santa Cecília. As informações dão conta de que o pessoal da loja do Aterrado teria sido contratado em regime temporário: caso a busca a seja bem-sucedida, essas pessoas seriam efetivadas e o pessoal da loja que será entregue assumirá seus postos na nova loja.

 

Supermercado no Aterrado foi comprado

 

De acordo com informações publicadas pelo colunista social do DIÁRIO DO VALE, Mário Sérgio, em sua página no Facebook, o supermercado que encerrou as atividades recentemente de uma loja no Aterrado teria vendido o estabelecimento para outra rede, que já opera uma loja na cidade. Em princípio, o pessoal que trabalhava na loja fechada será reaproveitado.





Fonte: Diário do Vale