Enfermaria de Covid-19 está vazia pela primeira vez em Resende

0
11


Resende – Pela primeira vez, desde o início da pandemia, a enfermaria de Covid-19 do Hospital Municipal de Emergência (HME) está vazia, em Resende. Isso ocorreu nesta sexta-eira (16), após a unidade médica dar alta hospitalar para Dona Maria, última paciente da enfermaria.

O prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz, publicou a novidade nas redes sociais, comemorando o acontecimento.

– Após um ano e meio, a ala está completamente vazia, sem nenhum paciente com a doença. Claro que isso pode mudar a qualquer momento, mas é a primeira vez, desde o início da pandemia que isso acontece! Gostaria de deixar aqui meu profundo agradecimento a todos os funcionários do Hospital de Emergência, em especial meu amigo e diretor geral da unidade, dr. Jayme Neto, e toda a sua equipe de médicos, técnicos e enfermeiros, além dos funcionários que compõem o setor de psicologia e fisioterapia e todos os demais, essenciais no cuidado da unidade. Vamos continuar lutando e não deixe de se vacinar! Só assim, vamos conseguir vencer essa doença – disse o prefeito, agradecendo também ao secretário de Saúde, Tande Vieira, que lidera a equipe de enfermaria do HME.

Vacinação

Com mais de 90 mil doses de vacinas aplicadas contra Covid-19, entre 1ª, 2ª e dose única, Resende e aproxima dos 50% da população vacinada com a primeira dose, e quase 20% dos moradores com a imunização completa, seja com a segunda dose, ou com a vacina de dose única.





Fonte: Diário do Vale