Em uma semana, RJ imunizou 92.982 pessoas contra a Covid-19, diz Secretaria de Saúde | Rio de Janeiro

0
15


A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que, até as 18h de domingo (24), 86 municípios fluminenses registaram 92.982 pessoas imunizadas contra a Covid-19 por meio da aplicação da vacina CoronaVac.

O órgão chegou ao número por meio de busca ativa, a partir de Imunização da Vigilância Epidemiológica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, junto às coordenações/gerências de imunização dos 92 municípios do estado.

Segundo a SES, cada município é responsável pela execução da vacinação e também por inserir os dados no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde.

Até o momento, por conta da baixa quantidade de vacinas disponíveis, apenas o grupo classificado como prioridade deve ser vacinado:

  • Trabalhadores da linha de frente da saúde;
  • Idosos moradores de instituições de longa permanência;
  • Pessoas com deficiência que também morem nesses locais;
  • Indígenas.

Vacina de Oxford começa a ser distribuída no RJ

O Rio de Janeiro iniciou nesta segunda-feira (25) a distribuição de 176.220 doses da vacina Oxford/AstraZeneca para os 92 municípios do estado.

A distribuição segue a logística da operação com a CoronaVac, realizada na semana passada.

Helicópteros que distribuirão as vacinas de Oxford/AstraZeneca aos municípios do RJ — Foto: Reprodução/TV Globo

O imunizante sai da Coordenação-Geral de Armazenagem (CGA) da Secretaria de Saúde, em Niterói, na Região Metropolitana. Seis aeronaves levam as vacinas para 88 cidades.

Os municípios do Rio, Niterói, São Gonçalo e Maricá vão receber a vacina por transporte terrestre. Os caminhões começaram a ser carregados a partir das 7h.

O governo informou que 4,8% das doses ficarão sob a guarda da Secretaria Estadual de Saúde, como reserva estratégica. De acordo com o governo, a reserva é para atender aos municípios em casos de eventuais perdas.

Os dois milhões de doses vieram da Índia e chegaram ao Brasil na última sexta-feira (22), e foram analisadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) antes da liberação para todo o Brasil.

Neste domingo (24), o Fantástico mostrou como é feita a distribuição das vacinas por todo o país.

Fantástico mostra como os carregamentos de vacinas são distribuídos no Brasil

Fantástico mostra como os carregamentos de vacinas são distribuídos no Brasil

Na capital, a previsão é começar a aplicar 75 mil doses na próxima quarta-feira (27). Serão vacinados os profissionais de saúde acima de 60 anos de Clínicas da Família e Centros Municipais de Saúde.

As vacinas são destinadas ao público prioritário, conforme orientação do Ministério da Saúde.

A cidade do Rio vacinou, até as 16h45 de sábado (23), 53.144 pessoas na etapa 1, com doses do imunizante CoronaVac.

Ao contrário da CoronaVac, todas as doses da Oxford/AstraZeneca serão aplicadas neste momento — não serão feitas reservas para segunda dose. A medida foi tomada tendo em vista que a aplicação da segunda dose pode ser realizada em 90 dias após a primeira.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que enviou um ofício aos municípios recomendando uma busca ativa para levantar casos de idosos e deficientes vivendo em instituições que não estejam cadastradas no Ministério da Saúde e, por isso, possam não ter recebido ainda doses da CoronaVac.

O documento solicita, ainda, que os gestores municipais comuniquem à Subsecretaria de Vigilância em Saúde possíveis divergências.

VÍDEOS: Os mais vistos do Rio nos últimos 7 dias:



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui