Em tempos de pandemia, noivos usam criatividade e se casam em cerimônia drive-in em Resende

0
16



Amigos mais próximos e familiares do casal acompanharam evento dentro de carros. Teve convidado que ousou e foi até de motorhome. Em tempos de pandemia, casal usa a criatividade e se casa no modelo ‘drive-in’ em Resende
Um casal de Resende, no Sul do Rio de Janeiro, se casou neste sábado (15) em uma cerimônia realizada no sistema drive-in. Foi a forma que os noivos encontraram para realizar o evento em tempos de pandemia.
Fernanda Fernanda Cardoso e Lucas Carvalho completaram oito anos juntos neste sábado e decidiram comemorar se tornando marido e mulher. Era um desejo antigo deles se casar nessa data.
“Não dava para abrir mão dessa data”, disse o noivo, Lucas.
Mas, para evitar aglomeração, os convidados tiveram que acompanhar a cerimônia de dentro dos veículos.
Para a maior parte das pessoas, talvez tenha ficado um pouco apertado dentro dos automóveis, mas teve convidado que ousou e, para ter mais espaço e comodidade, foi ao casamento num motorhome.
“A gente veio com a nossa casa. Já que com a pandemia não pode sair de dentro de casa, nós trouxemos a casa até o evento”, brincou Edson Lobo, um dos presentes.
Em tempos de pandemia, noivos usam criatividade e se casam em cerimônia drive-in em Resende
Reprodução/TV Rio Sul
Foram convidados apenas amigos mais próximos e os parentes dos noivos. Por enquanto, por casa da pandemia, não vai ter festa. Todos estavam de máscara e receberam álcool em gel.
Para ninguém perder nenhum detalhe, os carros foram estacionados fazendo um meio círculo. Permitindo assim, que todos assistissem à entrada dos noivos até o altar e acompanhassem a hora do tão esperado “sim”.
“É muita diferença do que a gente está acostumado a fazer. É um casamento ao ar livre, porém as pessoas vão assistir de dentro dos seus carros. A gente procurou manter as pessoas da forma mais segura possível. Então, ao invés de levar esse casamento para dentro de um local, onde teria uma quantidade muito limitada de pessoas, a gente achou melhor trazer para um lugar ao ar livre, onde pudesse contar com o maior número de convidados e de forma segura”, explicou a cerimonialista Rafaela Cunha.
E, para marcar saída do casal após o beijo no altar, ao invés da tradicional “chuva de arroz”, o jeito foi celebrar ao som de um buzinaço.


Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui