Diocese de BP-VR completou no sábado, dia 4, 99 anos de criação

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A Santa Missa em Ação de Graças foi presidida pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Dom Orani Tempesta

A missa foi presidida pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Dom Orani Tempesta – Foto: Divulgação diocese de BP-VR.

Diocese- Ontem, dia 4, a Diocese de Barra do Piraí- Volta Redonda celebrou seu aniversário de 99 anos de criação. A Santa Missa em Ação de Graças aconteceu na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no bairro Conforto, em Volta Redonda, presidida pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Dom Orani Tempesta e concelebrada pelo Bispo Diocesano, Dom Luiz Henrique e demais membros do clero.

Diferente do ano passado, desta vez os fiéis puderam participar presencialmente da Celebração Eucarística, ainda seguindo todos os protocolos de segurança. Além disso, aconteceu a Abertura do Ano do Centenário da Diocese, data muito esperada por toda Igreja Particular. “Muito emocionado por fazer parte da história de nossa Diocese, neste momento tão importante em preparação ao Centenário. Será, com certeza, um ano rico, de muita celebração, Ação de Graças a Deus, memória, gratidão e missão e conto com a participação e envolvimento de todos os nossos queridos fiéis diocesanos”, expressou o bispo diocesano, Dom Luiz Henrique.

O Ano Jubilar de uma Diocese não é uma Graça apenas para a Igreja Particular em si, mas para toda a Igreja Católica, que celebra os cem anos de uma Diocese. O Cardeal Dom Orani Tempesta contou que foi um presente poder participar deste momento. “Para mim é uma alegria muito grande, dom Luiz Henrique foi bispo auxiliar no Rio de Janeiro, tenho muito carinho por ele e ao mesmo tempo teve o dom de me convidar para estar aqui, para abrir o Centenário, é um presente para mim, de poder dizer ao povo a importância da Igreja na história do povo”. O Cardeal ainda completou que esta é uma oportunidade de a Igreja ser testemunho no mundo atual, com muitas divisões, toda a Diocese é convidada a ser unidade. “O mundo de hoje é muito dividido e polarizado, a Igreja tem essa missão de unidade, de ter uma comunhão entre nós para uma diversidade de dons e ministérios”, acrescentou.

Ao longo do próximo ano, a Diocese contará com uma programação exclusiva para a comemoração dos cem anos de sua criação. Dom Luiz Henrique reforçou a importância da participação e, sobretudo, as orações de todos. “O Centenário é para que todos nós possamos celebrar, de modo que contamos com as orações e participação de vocês, em se envolver nas celebrações e eventos que começarão a acontecer”.

A programação especial começou no dia 3, com a Santa Missa na Fazenda Santana, em Barra do Piraí. Este foi o local em que a imagem da padroeira da diocese chegou antes de ir para a Catedral. Também foi apresentada ao povo a imagem peregrina, em que recebeu a benção nesta Solene Eucaristia e peregrinará por toda a Diocese ao longo do ano de 2022. A primeira paróquia que recebeu a imagem de Sant’Ana foi a Igreja Nossa Senhora da Conceição, este é um convite para todas as paróquias receberem a padroeira. “Aguardem a programação em cada paróquia, cada uma terá sua organização para receber a Imagem Peregrina, ela vai percorrer ao longo do ano de 2022, já começando na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no bairro Conforto”, explicou o Bispo diocesano.

Neste mesmo dia à noite foi realizado o translado de Sant’Ana, imagem réplica de original, em direção à Catedral e em seguida celebrou-se a Santa Missa com Instituição da Porta. A oportunidade da abertura da Porta Santa na Diocese foi uma solicitação feita por Dom Luiz ao Papa Francisco, sendo esta uma forma de todo o povo de Deus lucrar as indulgências plenárias. “Entrar pela Porta Santa tem sentido de comprometimento com o caminho de conversão e fidelidade a Deus, que é muito importante para este ano de Centenário”, finalizou Dom Luiz Henrique.

O próximo evento diocesano do Centenário será a Santa Missa no dia 1º de janeiro, em Sacra Família, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, a Igreja mais antiga de toda a Diocese.

Juntos rumo ao Centenário de nossa Diocese!

Diferente do ano passado, desta vez os fiéis puderam participar presencialmente da Celebração Eucarística – Foto: Diocese de BP-VR.





Fonte: Diário do Vale