CSN libera 1,4 mil funcionários de Volta Redonda para férias por combate ao coronavírus

12



Eles ficarão afastados da empresa por 15 dias a partir desta quinta-feira. Outros 600 colaboradores já estavam em regime de férias. CSN libera funcionários para férias em Volta Redonda
Reprodução/TV Rio Sul
A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) vai colocar parte dos seus colaboradores de Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro, em regime de férias a partir desta quinta-feira (26). A decisão é uma medida preventiva para evitar a proliferação no novo coronavírus.
Segundo a companhia, serão mais de 1,4 mil colaboradores liberados. Outros 600 funcionários do grupo de risco, estagiários e aprendizes já estavam de férias desde a última segunda-feira (23).
No total, são mais de dois mil colaboradores em casa, o que representa 15% dos funcionários da empresa. O objetivo é diminuir o fluxo de pessoas dentro da companhia.
A CSN já havia adotado outras medidas de prevenção, como suspensão de reuniões presenciais, suspensão de viagens e treinamentos externos, atendimento médico para os funcionários que apresentarem sintomas da gripe, restrição de visitas e reforço na limpeza e disponibilização de álcool em gel, que continuam sendo seguidas.


Fonte: G1