Covid-19: Terceira dose da vacina é antecipada para idosos acima de 85 anos em Volta Redonda

0
10


Município também inicia a vacinação em adolescentes com comorbidades

A medida vale para todos aqueles que já completaram a segunda dose há mais de seis meses, tendo sido vacinados até 28 de fevereiro com as duas doses- Foto: Divulgação PMVR.

Volta Redonda- Antecipando a determinação do Ministério da Saúde, prevista para 15 de setembro, a Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), inicia nesta terça-feira, dia 31, a aplicação de terceira dose em idosos a partir de 85 anos de idade.

A medida vale para todos aqueles que já completaram a segunda dose há mais de seis meses, tendo sido vacinados até 28 de fevereiro com as duas doses. Já os que tomaram a segunda dose há menos de seis meses ainda deverão aguardar para tomar a terceira dose, pois o prazo de intervalo entre doses foi determinado pelo Ministério da Saúde.

Nesta terça, quatro Unidades de Saúde vão fazer a terceira dose: Conforto, São Geraldo, Vila Mury e Volta Grande farão aplicação, no horário de 09h às 16h. É necessário apresentar o cartão de vacinação Covid-19, que comprove a aplicação das vacinas anteriores, documento de identidade ou cartão do SUS. Idosos acima de 60 anos residentes em ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos) e acamados (com mais de 85 anos) também serão vacinados com a terceira dose nesta semana. Os próximos cronogramas para terceira dose serão anunciados assim que a primeira etapa de aplicação encerrar.

A terceira dose em idosos foi anunciada pelo Ministério da Saúde neste mês, com orientação de que seja aplicada a vacina Pfizer/BioNTech ou AstraZeneca (Oxford), independente das doses anteriores – salvo no caso de contraindicações específicas. A nova etapa da vacinação foi definida após reunião entre o Ministério da Saúde, representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

Importância da terceira dose

De acordo com o coordenador da Vigilância em Saúde de Volta Redonda, o médico sanitarista Carlos Vasconcellos, a terceira dose vem sendo discutida entre especialistas diante da alta de infecções entre imunizados com as duas doses de vacina após seis meses, sendo que idosos são mais suscetíveis a contaminação por variantes do vírus.

“Há diversos estudos que verificaram uma redução da proteção contra a Covid-19 após seis meses de aplicação de vacinas, principalmente em idosos, que não respondem de maneira positiva a produção de anticorpos, tendo seu sistema imunobiológico vulnerável aos estímulos ainda que com imunizantes”, comentou Vasconcellos.

Primeira dose

O atendimento para aplicação de primeiras doses segue nesta terça-feira no município para repescagem direcionada para pessoas a partir de 18 anos, que ainda não tenham sido vacinadas. Adolescentes com comorbidades de 12 a 17 anos, cadastrados no site da prefeitura, também continuam recebendo a primeira dose.

Para ser vacinado é necessário apresentar um documento de identidade, comprovante de residência, CPF ou cartão do SUS em uma das 46 Unidades de Saúde (UBS e UBSF) do município de 08h às 16h.

Segunda dose

A antecipação das segundas doses das vacinas: AstraZeneca (Oxford), CoronaVac e Pfizer/BioNTech continua em Volta Redonda. A antecipação vale para quem recebeu as primeiras doses de AstraZeneca e Pfizer até 12/06 e para vacinados com a CoronaVac até 12/08. Para receber a segunda dose antecipada, basta procurar uma Unidade de Saúde. É necessário apresentar o cartão de vacinação Covid e um documento de identidade.





Fonte: Diário do Vale