Chegada de empresa farmacêutica no município de Itatiaia é comemorada pelo prefeito

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


o prefeito Silvano Rodrigues, com a Farmacêutica Responsável Técnica da União Química, Renata dos Santos de Oliveira , em visita a Prefeitura – Foto: Divulgação PMI.

Itatiaia- A notícia da chegada de uma unidade da farmacêutica União Química, no município, foi comemorado pelo prefeito de Itatiaia, Silvano Rodrigues. O anúncio foi feito na quinta-feira (21) durante visita do governador Cláudio Castro à sede da empresa. Com 5 mil metros quadrados, a central de distribuição, que tem sua sede em Guarulhos (SP) começará a funcionar no início de dezembro, gerando mais de 200 empregos diretos.

– Temos mesmo que comemorar e muito a agradecer pela confiança na nossa cidade e ainda a parceria com o Governador, Cláudio Castro. A empresa chega com perspectiva de investimentos para o município, com uma quantidade expressiva na geração de empregos, o que nos trará ainda mais desenvolvimento. A chegada de mais uma grande empresa dá ânimo para a administração e para população e nos traz ainda mais esperança de tempos melhores para Itatiaia – relatou o prefeito Silvano Rodrigues, que esteve com acom a Farmacêutica Responsável Técnica da União Química, Renata dos Santos de Oliveira, em visita a Prefeitura.

Com um investimento de R$ 100 milhões no primeiro ano, a nova unidade logística em Itatiaia será responsável por 15% das operações da empresa no Brasil. Depois que a central de distribuição entrar em operação, a União Química espera entregar seus produtos no estado no mesmo dia do pedido ou em no máximo 24 horas.

União Química

Há 80 anos no mercado farmacêutico, a União Química é líder em diversos segmentos, atendendo hospitais públicos e privados, farmácias e consultórios. A empresa possui cinco unidades de negócio (Agener, Farma, Genom, Hospital e Terceirização) e oito unidades fabris em São Paulo, Minas Gerais e no Distrito Federal, além de um parque focado em biotecnologia nos Estados Unidos.





Fonte: Diário do Vale