CCR NovaDutra orienta comunidades às margens da rodovia sobre os riscos de empinar pipa

0
12


Os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro têm leis que proíbem a comercialização e uso de cerol ou de qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de pipas (Divulgação/Comunicação da CCR NovaDutra)

Sul Fluminense – Empinar pipa é com certeza uma das brincadeiras mais antigas e saudáveis que existe. Mas a brincadeira, muito comum nesse período de férias escolares, exige importantes cuidados. É comum encontrar crianças e jovens empinando pipas às margens da rodovia ou em canteiros laterais em bairros de municípios próximos da rodovia Presidente Dutra. É aí que a brincadeira se torna perigosa, colocando em risco a vida de quem a realiza e a de motoristas que trafegam diariamente pela rodovia.

De acordo com dados da CCR NovaDutra, entre janeiro e dezembro de 2020, foram registradas três ocorrências, com três vítimas, sendo um atropelamento fatal. As outras duas vítimas – uma leve e uma moderada – foram motociclistas que não conseguiram desviar das linhas de pipa e caíram sobre a via. As equipes operacionais da concessionária redobram a atenção durante a inspeção da rodovia retirando pipas e linhas que acabam caindo na via. No ano passado, as equipes retiraram da rodovia duas pipas com linha cortante, o famoso “cerol” e dois carretéis de linha, sendo um deles com linha chilena.

Os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro têm leis que proíbem a comercialização e uso de cerol ou de qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de pipas. Quem for flagrado descumprindo a lei está sujeito à multa. Caso o produto esteja em posse de menor de idade, a multa é para os responsáveis.

Campanha

Para conscientizar as comunidades e o comércio ao entorno da rodovia, é realizada durante o mês de julho a campanha de orientação sobre riscos de empinar pipas. A ação educativa conta com entrega de folhetos informativos e orientações pelas equipe operacional da concessionária.

Esse importante trabalho conta com o apoio do Centro de Controle Operacional (CCO) que monitora a rodovia 24 horas através das 102 câmeras instaladas na via Dutra. Sempre que é localizado um grupo empinando pipa às margens da rodovia, o CCO aciona uma equipe inspeção, que se dirige para fazer a orientação sobre os riscos da prática de soltar pipas próximo da via.

“A CCR NovaDutra acredita que conscientizar a população é uma maneira eficaz de prevenir acidentes. É importante ressaltar que essa ação educativa ocorre o ano todo. Mas no período de férias escolares ela ganha reforço extra”, salienta o gerente de Atendimento da CCR NovaDutra, Virgílio Leocádio.

A campanha ganha reforço na programação da CCRFM 107,5 e mensagens de segurança nos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs).

Confira as dicas de segurança da Concessionária:

  • Empine pipas longe da rede elétrica e da rodovia;
  • Procure espaços como parques, praças e campos de futebol;
  • Cuidado com os ciclistas e motociclistas. As linhas podem não ser vistas, causando graves acidentes e até mortes;
  • Não suba em lajes de casas para empinar pipas. Distrações causam quedas;
  • É proibido o uso de cerol ou de qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de papagaios ou pipas (SP: Lei Estadual nº 17.201/2019 e RJ: Lei Estadual nº 8478/2019).

CCR NovaDutra

A CCR NovaDutra é responsável pela administração da Rodovia Presidente Dutra, via com 402 quilômetros de extensão e que liga as duas regiões metropolitanas mais importantes do País: Rio de Janeiro e São Paulo. A rodovia abrange uma região altamente desenvolvida, que responde por cerca de 50% do PIB brasileiro. A Concessionária tem 25 anos de existência e foi a segunda a integrar o Grupo CCR.





Fonte: Diário do Vale