Atlético-MG decide em 2 minutos com gols de Savarino e vence Flamengo no Mineirão

0
16


foto: Alexandre Vidal

Belo Horizonte – No duelo tático entre o Atlético-MG de Cuca e o Flamengo de Rogério Ceni, duas equipes apontadas como candidatas ao título do Brasileirão, o time mineiro levou a melhor. Savarino brilhou e marcou os dois gols em um intervalo de dois minutos para assegurar a vitória atleticana por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Mineirão. Willian Arão descontou no final para os visitantes.

Graças à boa atuação de Savarino e também coletiva, o Atlético conquistou sua terceira vitória consecutiva no campeonato, foi aos 19 pontos e se manteve no quarto lugar, perto dos líderes. De quebra, abriu distância de um rival que patina, joga mal e não consegue confirmar a condição de um dos favoritos ao título.

O Flamengo viu a pressão sobre Rogério Ceni aumentar e sofreu o segundo revés seguido. Parou nos 11 pontos e está na segunda parte da tabela, muito distante dos primeiros colocados.

O início do jogo no Mineirão apresentou um duelo franco, com “trocação” para os dois lados, como Cuca havia projetado antes do confronto. Depois, Flamengo e Atlético passaram a se estudar e, com cautela, fizeram um jogo de cadência, muito amarrado no meio e de pouca inspiração.

O Atlético foi levemente superior ao Flamengo na primeira etapa. Jogando com três zagueiros – Réver, Junior Alonso e Nathan Silva – e Guilherme Arana como ponta pela esquerda, foi mais seguro que o rival carioca, que cometeu muitos erros técnicos, especialmente com o muito criticado Bruno Viana, zagueiro que jogou ao lado de Rodrigo Caio.

No meio, não houve a sintonia esperada. Arrascaeta, Michael e Gomes se apresentaram mais para ajudar na marcação do que na criação em duelo que exigiu muito fisicamente dos atletas. Houve muitas escolhas erradas nas ações ofensivas e também na saída de bola. O primeiro tempo terminou com seis finalização para cada equipe e o time rubro-negro com mais posse de bola.

No segundo tempo, Savarino trocou de lado e isso foi determinante para o resultado da partida. O Atlético cresceu e definiu a vitória com dois gols em dois minutos. O atacante venezuelano, que fez falta enquanto esteve na Copa América com sua seleção, marcou o primeiro aos cinco minutos. Após boa trama envolvendo Zaracho e Mariano, Hulk foi desarmado e a bola sobrou na área para Savarino, que tocou na saída de Diego Alves.

Aos sete, Mariano ganhou de Filipe Luís na velocidade e cruzou rasteiro para Savarino, que se antecipou a Arão e ampliou. Os gols em sequência desnortearam o já desorganizado Flamengo, que se mostrou confuso e sem capacidade de reagir. À exceção da finalização rasteira de Arrascaeta que passou perto da trave direita, o time de Ceni não vinha levando perigo ao gol de Everson e foi dominado pelo anfitrião.

No entanto, um gol de cabeça colocou o Flamengo de volta no jogo No lance, Renê bateu escanteio, e Willian Arão subiu na primeira trave para cabecear no canto esquerdo, sem chance para o goleiro atleticano. O gol dos visitantes foi aos 42 minutos. Aos 45, quase veio o empate, evitado graças a Everson, que fez grande defesa no arremate de Arrascaeta. Jair entrou nos minutos finais e foi fundamental para ajudar o Atlético a sustentar a vitória ao queimar tempo, arrumar faltas e segurar a bola.

O Atlético-MG tem pela frente um clássico mineiro diante do América, sábado, às 19 horas, no Independência. No domingo, às 18h15, o Flamengo recebe a Chapecoense no Maracanã. Os jogos são válidos pela 11ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 2 x 1 FLAMENGO

ATLÉTICO-MG – Everson; Nathan Silva, Rever e Junior Alonso; Mariano, Allan, Tchê Tchê, Zaracho (Nathan) e Guilherme Arana; Savarino (Marrony) (Sasha) e Hulk (Jair). Técnico: Cuca.

FLAMENGO – Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Bruno Viana (Hugo Moura) e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Gomes e Arrascaeta; Michael (Rodrigo Muniz), Bruno Henrique e Pedro. Técnico: Rogério Ceni.

GOLS – Savarino, aos cinco e aos sete, e Willian Arão, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Paulo Roberto Alves Junior (PR).

CARTÕES AMARELOS – Gomes, Marrony

LOCAL – Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Por Ricardo Magatti





Fonte: Diário do Vale