A importância do atendimento integrado à saúde do idoso




Profissionais especializados em Gerontologia atuam com foco no tratamento humanizado e multidisciplinar.
Divulgação/UBM
Como todos os ciclos da vida, o envelhecimento é um processo que merece atenção e precisa ser compreendido dentro de suas características próprias. E, quando se trata de questões relacionadas à saúde, são necessários cuidados e atendimentos específicos.
Nesse sentido, é preciso questionar a fragmentação dos serviços de saúde, apontada por diferentes especialistas como um fator determinante nas respostas dos pacientes ao tratamento. A segmentação pode levar a perda da capacidade funcional do idoso e o consequente aumento dos gastos com serviços médicos.
Assim, construir uma rede integrada para atenção ao idoso possibilita a assistência humanizada, em que o foco não está apenas nos sintomas e no adoecimento, mas, sim, no indivíduo e em sua família, compreendendo o envelhecimento como um processo plural.
A Gerontologia na promoção da qualidade de vida
O profissional que é referência no cuidado integral da terceira idade é o gerontologista.  A partir do seu trabalho, este especialista busca promover o bem-estar do idoso em seus aspectos físicos, psicológicos e biológicos com o objetivo de proporcionar uma vida mais tranquila diante das mudanças do novo ciclo.
Essa é uma área em destaque, devido ao crescimento cada vez mais expressivo da população idosa, o que aumenta a procura no mercado por profissionais capacitados, de acordo com o professor Vladimir Lopes de Souza. “A pessoa especializada em Gerontologia tem um conhecimento mais amplo das necessidades do idoso, com um olhar diferenciado. Porque ele não foca apenas no atendimento e no tratamento da doença, uma vez que consegue, por exemplo, abordar os aspectos sociais e familiares no procedimento”.
Entre as práticas diferenciadas do gerontologista estão a integração dos familiares e cuidadores no processo de cuidados dos idosos, tendo em vista que este é um atendimento multidisciplinar. Assim, orientações sobre higiene, posicionamento no leito, cuidados no banho e encaminhamentos para outros profissionais são parte da rotina deste especialista, bem como:
avaliação das condições físicas e emocionais;
recomendação de atividades benéficas ao desenvolvimento;
auxílio no processo decisório, para idosos que necessitam de cuidados especiais;
exercícios psicoeducativos, entre outros.
Mercado de trabalho
As oportunidades para os profissionais especializados na área são diversas, espaços de atendimento de saúde como hospitais e clínicas especializadas, centros de convivência, atendimento domiciliar são algumas possibilidades.
Para atuar de forma qualificada, é necessário desenvolver habilidades e competências específicas para atender as diferentes necessidades dos idosos, tendo em vista que as ações nesse campo demandam maior aprofundamento e conhecimento de diferentes saberes, ou seja, multidisciplinares.
Para atuar de forma qualificada, é necessário desenvolver habilidades e competências específicas para atender as diferentes necessidades dos idosos, tendo em vista que as ações nesse campo demandam maior aprofundamento e conhecimento de diferentes saberes, ou seja, multidisciplinares.
Se você tem interesse em ampliar o seu nicho de trabalho, o UBM – Centro Universitário de Barra Mansa – oferece o curso inédito na região de pós-graduação em Gerontologia. O programa tem como público alvo profissionais graduados em Fisioterapia, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Educação Física, Psicologia, Fonoaudiologia e Biomédicas.
As inscrições estão abertas no site do UBM e as aulas têm início em abril. Então, não perca esta chance, faça agora a sua inscrição!



Fonte: G1