Sindicato projeta retomada da economia e contratações após reabertura de pontos turísticos em Petrópolis, no RJ | Região Serrana

0
31


O Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, está projetando um reaquecimento da economia com contratações para hotéis e restaurantes ainda neste ano.

A entidade acredita que a reabertura dos pontos turísticos no Centro Histórico a partir desta quinta-feira (8) vai impulsionar ainda mais o setor.

A expectativa é baseada no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que apontou agosto como o primeiro mês de 2020 com mais contratações do que demissões.

“É importante que haja esta retomada do setor turístico para evitarmos uma forte recessão e, consequentemente, aumento do desemprego. Sabemos que o turismo é um dos pilares da economia na cidade, movimentando ainda outros setores, como serviços e comércio”, afirma Germano Valente, presidente do Sindicato.

Segundo ele, a procura de turistas por Petrópolis aumentou. Também cresceu a movimentação nos bares e restaurantes. Todas as atividades estão seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19, orientados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Sabemos que todos os cuidados devem ser tomados neste momento de pandemia e não estamos medindo esforços para adotar as medidas necessárias para proteger tanto os clientes quanto nossos colaboradores”, diz Germano.

O sindicato ressaltou que os atrativos turísticos deverão seguir o protocolo autorizado pela Vigilância Sanitária.

Entre as principais determinações está o limite de 50% de visitantes nos ambientes fechados, além de todas as outras medidas de prevenção ao coronavírus, como disponibilização de álcool em gel, distanciamento e uso obrigatório de máscaras.

Germano aponta ainda que a procura por Petrópolis neste momento se dá por diversos motivos, entre eles o fato de a cidade ter um índice relativamente baixo de contaminação por Covid-19 quando comparado com outras cidades da região. Além disso, ressalta a segurança, outro ponto positivo do município.

Ele destaca também que a expectativa para o setor é de que esses primeiros meses após a flexibilização do isolamento sejam mais promissores para o turismo regional de carro, atraindo moradores de cidades ou Estados próximos, como da própria capital do Rio e de Minas Gerais.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui