Pavimento de prédio em construção desaba e atinge casa em Nova Friburgo, no RJ | Região Serrana

0
121


Parte do último pavimento de um prédio em construção desabou e atingiu uma casa nesta terça-feira (22), no distrito de Conselheiro Paulino, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. O prédio tem nove pavimentos e fica localizado em um bairro residencial.

A Defesa Civil esteve no local e interditou dois imóveis vizinhos à obra. Ao todo, seis pessoas tiveram que deixar suas casas. Ninguém se feriu.

Ainda não há informações sobre o que teria causado o desabamento.

Pavimento de prédio em construção cai e atinge casa em Nova Friburgo, no RJ — Foto: Ádison Ramos/Inter TV

Por telefone, o engenheiro responsável pela obra afirmou que o proprietário do prédio negligenciou o projeto e adicionou um pavimento a mais, com laje de isopor. Pavimento que caiu parcialmente.

De acordo com a moradora da casa atingida por partes do pavimento, as reclamações sobre a construção já são antigas.

“A gente vem reclamando desde que ele (o proprietário) demoliu o prédio antigo e nos deixou sem água. Aí a gente abriu um processo contra ele. Depois, no segundo andar, ele abriu uma janela de frente pra janela do quarto da minha filha que ela não podia nem abrir. A gente já pediu a Prefeitura pra ver essa obra, vieram um dia, a obra ficou parada, mas depois voltou”, conta a moradora Edelsia Vieira.

De acordo com engenheiro responsável, proprietário do imóvel adicionou mais um pavimento ao projeto original — Foto: Ádison Ramos/Inter TV

“A gente tem cachorro, tem gato, já mora aqui há 25 anos. […] A Defesa Civil disse que a gente não pode entrar nem para pegar documento, porque a laje tá correndo risco de cair”, afirma Edelsia.

Uma nova vistoria, com a presença da Defesa Civil e do engenheiro responsável pela obra, será realizada no local ainda nesta terça-feira.

De acordo com o advogado do proprietário do imóvel, foram oferecidas estadias aos moradores em um hotel da cidade “até que a Defesa Civil norteie os próximos passos”.

O G1 aguarda um posicionamento da Prefeitura sobre a regularidade da obra.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui