Pacientes curados da Covid-19 homenageiam profissionais da saúde em Petrópolis, no RJ | Região Serrana

0
15


Nesta quarta-feira, 12 de maio, é celebrado o Dia Internacional da Enfermagem. Os profissionais da saúde estão enfrentando todos os dias, na linha de frente, um grande desafio, que é cuidar das pessoas infectadas com o novo coronavírus.

Para marcar a data, pacientes recuperados da Covid-19 e que ficaram internados no Hospital Beneficência Portuguesa fizeram uma homenagem aos profissionais que os ajudaram a passar por esse período tão difícil e amenizou a dor dos dias longe das famílias.

“Verdadeiros heróis” e “devo minha vida a vocês” são algumas das mensagens gravadas em vídeo. A homenagem foi idealizada pela equipe do Hospital SMH – Beneficência Portuguesa de Petrópolis.

Pacientes recuperados da Covid-19 em Petrópolis homenageiam profissionais de saúde do Hospital Beneficência Portuguesa — Foto: Divulgação

“Vocês foram instrumentos de Deus para salvar a minha vida, assim como a de tantas outras pessoas”, disse Moacir Miguel da Silva Junior, de 37 anos, que esteve internado com Covid-19 na unidade por 16 dias, sendo 14 deles na UTI.

Outro paciente que recebeu os cuidados das equipes do hospital foi Carlos Roberto Dutra, de 66 anos. Ele foi atendido no mês de março deste ano quando foi infectado pela Covid-19.

“Gostaria de agradecer ao hospital e também a toda a equipe de enfermagem, assim como seus supervisores e técnicos que me trataram com muito carinho, muita simpatia e muito profissionalismo. Desejo que vocês continuem com essa garra e determinação e que continuem salvando muitas vidas, assim como salvaram a minha. Pra mim, e acredito que para todo mundo, vocês são os verdadeiros heróis desse país”, disse Carlos Roberto.

Pacientes que se curaram da Covid-19 homenageiam profissionais de saúde em Petrópolis

Pacientes que se curaram da Covid-19 homenageiam profissionais de saúde em Petrópolis

O convívio diário em uma situação tão delicada aproxima profissionais e pacientes, especialmente quando estes se sentem acolhidos e seguros.

“Vocês ganharam um amigo e um irmão”, diz Miguel Curvelo, de 45 anos, internado por 19 dias em março de 2021.

Já a Grasiela Vieira e Silva Fernandes, de 33 anos, que um ano atrás, neste mesmo período, esteve internada na unidade por causa do coronavírus, afirma ser grata pelo tratamento que recebeu nos momentos de medo e angústia.

“Eu confesso que depois que acordei do coma dei muito trabalho. Eu estava com muita crise de ansiedade e todo mundo teve muita paciência comigo, me tratou muito bem. Eu só quero dizer que devo a minha vida a vocês. A equipe todinha do hospital, principalmente a de enfermagem/equipe médica, está de parabéns”, diz Grasiela.

Além dos vídeos, os profissionais ainda receberam um almoço especial com cardápio escolhido por eles e homenagens espalhadas por murais dentro do hospital, além de presentes que serão distribuídos através de parcerias com a iniciativa privada.

“Foi incrível ver que o reconhecimento ao trabalho deles é unânime. O que escutamos das empresas parceiras diante da proposta foi: ‘Podem contar com a gente. É uma oportunidade de agradecermos por tudo que estão fazendo’”, conta Ana Carolina Jeolás, do departamento de Recursos Humanos do Hospital SMH.

Para o coordenador da enfermagem dos CTIs do hospital, André Henrique Marques de Souza, as demonstrações de carinho alimentam a vontade dos profissionais de continuarem firmes na luta contra o coronavírus.

“Esse calor humano é o que não nos deixa desanimar e traz a gente para o trabalho todos os dias. Emociona muito ver o paciente sair recuperado. A gente chora e reza por eles quando vão embora. Somos todos iguais e corremos os mesmos riscos. Esse deve ser apenas um dos motivos para que a gente trate o próximo como se fosse um conhecido ou familiar. E no atual cenário, em uma cidade relativamente pequena como Petrópolis, muitas vezes é”, destacou André Henrique, pedindo para que a população não deixe de lado os cuidados com a higiene e as medidas de prevenção.



Fonte: G1