Morre mãe com Covid-19 que deu à luz a gêmeos prematuros em Nova Friburgo, no RJ | Região Serrana

0
14


Dilva Correia, de 32 anos, estava internada em isolamento no Hospital Maternidade, mas foi transferida para o Hospital Municipal Raul Sertã na manhã de sábado (22) após apresentar um agravamento no estado de saúde, segundo o município.

Ela morreu na manhã de domingo (23). A direção do hospital não informou, no entanto, a causa da morte da paciente.

Na quinta-feira (20), a Prefeitura de Nova Friburgo chegou a emitir uma nota informando que Dilva estava clinicamente bem, sem sintomas de Covid-19, e teve a oportunidade de conhecer os bebês, que foram transferidos na quarta-feira (19) para um hospital de referência em UTI Neonatal na cidade de Campos, no Norte Fluminense, já que o município não possui esse atendimento.

Dilva se sentiu mal na madrugada de terça-feira e foi levada por parentes ao Hospital Maternidade, onde passou por exames, testou positivo para a Covid-19 e passou por uma cesárea de urgência.

Os gêmeos, Guilherme e Gabriel, nasceram com apenas seis meses e seguem internados em Campos.

O marido de Dilva, Edson Fernandes, de 32 anos, também testou positivo para a doença, mas estava em isolamento domiciliar.

Na semana passada, sensibilizados com a situação, os vizinhos de Dilva e Edson organizaram uma campanha para arrecadar doações para os bebês. A iniciativa continua. Na lista de itens que podem ser doados estão fraldas, lenço umedecido, complemento alimentar e roupinhas em boas condições.

Os interessados podem entregar doações para a síndica do Condomínio Terra Nova II, Leia, ou no Mercadinho do Lipa que fica em frente ao condomínio. Também são pontos de arrecadação de doações para a família a Drogaria Nacional, em frente ao Supermercado Casa Friburgo; e a Oficina L.M.Car, localizada na Rua Santo André, nº 3, no Prado (procurar por André ou Douglas).



Fonte: G1