Idosa recebe dose de ar no lugar da vacina contra a covid-19 em Petrópolis, no RJ | Região Serrana

0
51


Uma idosa de 94 anos, recebeu uma dose de ar no lugar da vacina contra a covid-19, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio.

O caso aconteceu na sexta-feira (12), no primeiro dia em que a imunização começou a ser aplicada em idosos acima de 90 anos, o registro foi em vídeo por um familiar da idosa.

Nas imagens é possível ver a técnica em enfermagem tentando tirar a proteção da agulha da seringa, nisso o familiar da idosa que está no banco de motorista e filmando a ação, diz que é melhor trocar, a técnica então se dirige à tenda montada e pega outra seringa. Ao retornar, a seringa sem dose é aplicada na idosa.

Após o vídeo viralizar, a prefeitura emitiu uma nota confirmando que a seringa estava vazia e entrou em contato com a família da idosa, que retornou ao ponto de vacinação no sábado (13) e recebeu a dose.

A técnica em enfermagem foi afastada e será ouvida na segunda-feira (15). Segundo a prefeitura a profissional é contratada.

Neste domingo (14), a prefeitura informou que existe um segundo vídeo circulando nos grupos de mensagens, e que o caso não aconteceu na cidade.

O G1 tenta o contato da família da idosa e também da técnica em enfermagem.

A Secretaria de Saúde informa que tomou todas as providências cabíveis assim que recebeu a denúncia e confirmou, com o apoio das imagens registradas pela família e a verificação da quantidade de doses aplicadas, que a seringa utilizada para vacinar a idosa estava vazia no momento da aplicação. A Prefeitura informa que abriu procedimento para investigar o caso. A técnica de enfermagem é contratada e foi imediatamente afastada para apuração dos fatos. Por tratar-se de procedimento administrativo, ela será ouvida pela equipe da Saúde na próxima segunda-feira. As equipes fizeram imediatamente contato com a família e a idosa foi vacinada neste sábado. A secretaria abriu procedimento interno de investigação para apurar a responsabilidade sobre o fato e criou um canal de comunicação para esclarecimento de dúvidas e recebimento de denúncias, o whatsapp (24) 99946-1161. O governo reitera o compromisso com a população e frisa que vem trabalhando para garantir toda a transparência no processo de vacinação, que envolve centenas de pessoas extremamente comprometidas com todo o processo. A apuração será rigorosa para que casos como este nunca mais se repitam. Importante lembrar que no local da vacinação há sempre um supervisor, que deve ser acionado em caso de qualquer dúvida ou problema.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui