Homem faz esposa refém por cerca de 3 horas e é preso pelo Bope em Petrópolis, no RJ | Região Serrana

0
14


Um homem foi preso pelo Bope depois de fazer a esposa refém por pelo menos 3 horas no bairro Quitandinha, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, nesta quinta-feira (22). Segundo a polícia, o suspeito foi capturado depois de ser distraído com uma bomba de efeito moral.

O irmão do suspeito acionou a polícia por volta das 16h. Ele disse que o irmão gritava palavras desconexas.

Segundo a polícia, o homem estava agitado e falava sobre religião e teorias da conspiração. Ele levou a esposa para um cômodo da casa onde a manteve como refém durante todo o tempo.

Uma ambulância dos bombeiros e o SAMU também foram para o local. Quando a polícia tentou entrar na casa, o homem tentou atacá-los com uma foice.

Bope foi acionado para o bairro Quitandinha após homem fazer esposa refém em Petrópolis — Foto: Nádia Prado/Inter TV

O Batalhão de Operações Policiais Especiais da PM (Bope) foi acionado e chegou no local pouco antes das 19h. Foram mais de três horas de negociação e não conseguiram acalmá-lo. Uma bomba de efeito moral foi atirada para distraí-lo, ele foi imobilizado e a mulher foi resgatada.

Com o homem foram encontrados um facão e uma foice.

Polícia apreendeu um facão e uma foice com homem que fez mulher refém em Petrópolis — Foto: Nádia Prado/Inter TV

A vítima foi resgatada sem ferimentos e foi encaminhada para a UPA do Centro da cidade, sem ferimentos.

Os amigos do casal foram até o local e disseram que a vítima não respondia mensagens e, por isso, ficaram preocupados. Eles descreveram o suspeito como um rapaz trabalhador, mas que não estava bem.

Uma das vizinhas disse que na segunda-feira ele chegou a ameaçar um vizinho com um facão.

O suspeito foi preso e levado pelo Bope para a 105ª DP e, segundo a polícia, estava o tempo inteiro transtornado e agressivo.

Mulher foi resgatada e levada para a UPA do Centro, em Petrópolis, sem ferimentos — Foto: Nádia Prado/Inter TV



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui