Homem acusado de estuprar enteada em Nova Friburgo, RJ, é condenado a mais de 17 anos de prisão | Região Serrana

0
46


Um homem de 41 anos acusado de estuprar e ameaçar a própria enteada de 14 anos em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, foi condenado pela Justiça a mais de 17 anos de prisão. O estupro aconteceu em 14 de setembro de 2020. O homem foi condenado pelo juiz do Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Marcelo Alberto Chaves Villas, na última quarta-feira (28).

No total, o homem foi condenado a 17 anos e um mês de prisão, 16 anos e seis meses pelo crime de estupro e sete meses pelo crime de ameaça.

Ainda é possível recorrer da decisão.

De acordo com a polícia, o padrasto estuprou a menina de 14 anos quando a mãe estava fora da cidade cuidando do pai que estava doente. Ainda segundo a polícia, o homem levou a vítima para comprar pizza e, na volta, obrigou a menina a ter relações sexuais com ele e a ameaçou de morte caso contasse para a mãe.

Ao voltar, a mãe percebeu que a filha estava triste, mas acreditou que ela estaria assim devido à morte do avô. A menina acabou contando o que havia acontecido depois de sofrer mais ameaças, segundo a polícia.

De acordo com o Juizado, a menina era virgem e convivia com o padrasto desde pequena.

De acordo com a polícia, quando a menina tinha 7 anos, o padrasto matou o pai biológico dela alegando que ele agredia tanto a menina quanto a mãe.

O G1 tenta contato com a defesa do acusado.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui