Governo do Estado avalia documentação de duas empresas para executar obra do hospital do Câncer em Nova Friburgo, no RJ | Região Serrana

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


O Governo do Estado do Rio de Janeiro está avaliando a documentação de duas empresas para executar a obra do hospital do Câncer em Nova Friburgo, na Região Serrana.

A previsão é de R$ 80 milhões em investimentos que deverão ser usados para adaptações, reformas das redes elétrica e hidráulica de um imóvel antigo, que já abrigou um hospital no início dos anos 2000.

De acordo com o projeto da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras, o Hospital Regional do Câncer terá 58 leitos, sendo 10 de terapia intensiva. Consultórios e laboratórios serão construídos.

Governo do estado publica abertura de licitação para Hospital do Câncer em Nova Friburgo

O processo de escolha da empresa que irá operar todo o serviço começou nesta segunda-feira (2). A equipe técnica da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras vai analisar toda documentação entregue pelas empresas, como certidões, anotações de responsabilidade técnica, entre outros e verificar se está de acordo com o edital.

Esta é a etapa de habilitação das empresas que se apresentaram interessadas. A expectativa é de que até o fim da semana, essa parte já tenha sido concluída.

Duas empresas enviaram a documentação e, se as duas estiverem habilitadas para concorrer, uma data será marcada para abertura das propostas de preço. A estimativa do Governo Estadual é de que em 30 dias a empresa vencedora da licitação seja apresentada.

O gasto máximo previsto para obra é de R$ 51 milhões para todas as intervenções necessárias. Além disso, há uma previsão de investimento de R$ 30 milhões em equipamentos.

Durante a visita ao local onde será o Hospital do Câncer, o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga falou sobre a importância de mais um centro de tratamento oncológico no Brasil.

“São mais de 300 centros de alta complexidade oncológica no Brasil e aqui, na cidade de Nova Friburgo, terá um novo centro desses, para que a população possa ter acesso mais fácil aos tratamentos. Nós queremos não só dar acesso, como eficiência na assistência”, disse o ministro.

Visita à Região Serrana

A visita ao local onde será construído o hospital oncológico, fez parte de uma agenda que o ministro cumpriu na cidade. Além de reuniões com prefeitos da região e representantes do Governo Estadual, Marcelo Queiroga ainda anunciou médicos para a Unidade mista de São Geraldo, através do programa “Médicos pelo Brasil”.

De acordo com o Ministério da Saúde, Nova Friburgo é a primeira cidade a receber médicos pelo novo programa.

“O Programa Médicos pelo Brasil é composto por profissionais selecionados por meio de processo independente. Nele, se tem uma perspectiva de uma carreira para o médico. Dessa forma, conseguimos fazer com que o médico crie vínculo com a Atenção Primária e com a comunidade em que ele está inserido”, disse Queiroga.



Fonte: G1