Espetáculo online ‘O Povo em Pé!’ vai discutir sobre cuidados com a natureza neste sábado | Região Serrana

0
8


O espetáculo “O Povo em Pé!” vai estrear neste sábado (13), às 19h, e será transmitido pela internet para todo o mundo. A peça é o novo trabalho da companhia petropolitana Satura Companhia de Teatro e fala sobre respeito e cuidado com a natureza.

Com exibição gratuita, o espetáculo foi produzido durante a pandemia, com recursos da Lei Aldir Blanc, com foco na transmissão inicialmente on-line, pelo canal do Youtube da Companhia.

A obra tem classificação livre e traz uma mensagem que alcança não só crianças, mas o público de todas as idades. De forma poética e musical, a montagem promete mexer com a emoção do público.

A direção é de Fred Justen e o texto de Viviane Gonçalves Noel. O Povo em Pé! alarma a degradação da Amazônia.

Os personagens centrais são a árvore e o fogo, que ganham voz e alertam a população para que tenha maior entendimento sobre os danos que o homem vem causando à natureza, com desmatamentos e queimadas. Encenado por Christiane Carvalho (a árvore) e Gabriel Cândido (o fogo), o espetáculo transporta o público para a história que se passa em uma floresta atingida por queimadas.

De acordo com a produção, a obra tem uma forma envolvente e educativa. O diálogo entre a árvore e o fogo é embalado por músicas originais, de autoria de Fred Justen.

Obra apresentada de forma virtual por companhia petropolitana vai discutir sobre cuidados com a natureza neste sábado — Foto: Tiago Vieira

O texto expõe a triste realidade da Amazônia ou de qualquer área verde de preservação, que ao longo dos anos vêm sendo destruída seja pelo desmatamento, seja pela queimada criminosa ou inconsciente.

“Esse é mais um espetáculo com o qual pretendo levar não só entretenimento, mas também uma mensagem que toque a consciência e o coração de cada um sobre a urgência da necessidade de mudança de conduta do ser humano”, destaca o diretor Fred Justen, fundador da Satura Companhia de Teatro. Para a montagem do espetáculo, a Satura contou com a artista plástica Patrícia Kreischer no cenário, composto por painel realista de uma floresta em chamas. “Todo o espetáculo se completa. O cenário e o figurino dos atores estão em sincronia para contar essa história”, ressalta Fred. O figurino foi feito especialmente para o espetáculo pelo figurinista, Luciano Lima.

A Satura Companhia de Teatro completa 28 anos de estrada em 2021. Entre as produções, a companhia permeia o universo adulto e infantil, com obras em que o teatro musical se sobrepõe. A companhia já contou com a participação de artistas renomados em supervisões para alguns espetáculos.

Em 2015 a Satura foi presenteada por Elke Maravilha, que se tornou madrinha da companhia, quando na época também atuou como supervisora do espetáculo musical, Ópera Insânia.

Em 2016, a atriz Rogéria foi supervisora do espetáculo Androfóbicas e em 2018, o diretor Moacir Chaves se juntou à companhia para remontar o espetáculo Porão de Baleias. Os trabalhos da Companhia já renderam dois prêmios culturais, o Prêmio Maestro Guerra Peixe 2016 e o prêmio por seleção e apresentação do 1º Intercâmbio de Teatro Internacional de Santa Teresa, no Espírito Santo respectivamente.

No ambiente digital, a Satura vem descobrindo um novo caminho para alcançar o público, que antes enchia as salas de teatro. Desde que iniciou a pandemia, que resultou no fechamento dos teatros, a Companhia tem usado o canal no Youtube para levar entretenimento ao público. Ao longo de 2020 reprisou alguns dos principais espetáculos em temporadas na plataforma digital e agora, pela primeira vez, produz um espetáculo novo, especialmente para esse período de isolamento social.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui