Confira a entrevista com Professora Lívia Miranda, candidata à Prefeitura de Petrópolis pelo PC do B | Região Serrana

0
42


No dia 15 de novembro 240.152 eleitores de Petrópolis, na Região Serrana, vão às urnas escolher quem vai ser o prefeito e os vereadores da cidade a partir de 1º de janeiro de 2021. E para ajudar o eleitor a definir o seu voto, o G1 convidou os 13 candidatos a participar de uma entrevista com cinco perguntas sobre temas que influenciam a vida da população.

Os candidatos que enviaram as respostas após o prazo não tiveram os seus conteúdos publicados. Respostas que ultrapassaram o limite de caractere, previamente informado, também foram cortadas para garantir o mesmo espaço de resposta a todos os postulantes.

Professora Lívia Miranda é a candidata pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B) à Prefeitura de Petrópolis. Lívia tem 36 anos e leciona para estudantes o ensino fundamental. Esta é a primeira vez que ela se candidata a um cargo eletivo.

Confira a entrevista com o candidato:

1. Caso eleito, quais medidas, na prática, o senhor pretende implementar para a população ter acesso a uma saúde pública de qualidade?

Vou investir na atenção básica e fortalecer as estratégias de Saúde da Família, com garantia de atendimento a gestantes e acompanhamento à primeira infância aliado à campanha nutricional. A população deve ter acesso aos serviços médicos e de promoção de saúde, com ênfase na prevenção, em cada distrito e em cada comunidade. Vou inserir psicologia e assistência social para mapear e encaminhar às especialidades médicas. Quero ativar a estrutura do CAPS para Saúde Mental e tratamento de uso abusivo de álcool e drogas, como humanizar o atendimento a LGBTIA+ e a mulheres vítimas de violência.

2. Como o senhor (a) pretende usar novas tecnologias para tornar o atendimento público mais eficiente em alguma (s) área (s)? Explique sobre esse alinhamento do governo com as novas tecnologias.

No Programa dos Comuns em Defesa da Vida, consideramos o uso das novas tecnologias uma possibilidade de ampliação da capacidade de atendimento dos postos de saúde e hospitais da cidade com atendimento pelo SUS. A marcação de exames on-line pode ser um facilitador. Queremos a implantação de prontuário eletrônico que contenha uma ficha dos atendimentos nas diversas especialidades médicas de o paciente precisou. E urgente a modernização dos processos, porém não basta investir apenas em tecnologia, é preciso valorizar profissionais e oferecer condições de trabalho.

3. Infraestrutura da cidade: quais as prioridades e como atendê-las?

A cidade não tem rede de esgoto em vários lugares e o abastecimento de água não é regular, além de caro. Levar saneamento básico é cuidar da saúde e promover mais qualidade de vida para todos/as. Nossa proposta é construir fossas sépticas nas comunidades em que a rede não chega. O tratamento do esgoto é fundamental para a despoluir os rios. O calçamento das ruas da cidade deve ser recuperado com regularidade, com planejamento de calçadas que ofereçam segurança a pedestres. Tornar a coleta de lixo mais constante e incentivar a coleta seletiva com programas educacionais e oferta de trabalho.

4. Quais serão as principais ações do governo voltadas para o desenvolvimento da economia local e geração de empregos?

No Programa Emprego na Comunidade, planejamos a geração de empregos por meio de obras da construção civil nas comunidades e contratação do morador. Trabalhadores/as podem se organizar em cooperativas e operar as obras estruturais com suporte técnico da prefeitura. A proposta gera empregos, distribui renda, movimenta o comércio local e os serviços. A prefeitura deve investir para garantir o desenvolvimento de maneira sustentável, estimular a vinda de empresas para Petrópolis e incentivar o potencial turístico, criativo e tecnológico, para reverter em empregos e renda para a cidade.

5. Cite outras ações, além das citadas anteriormente, ou algum projeto específico que o senhor (a) gostaria de implementar e contar à população sobre?

Na área da Educação, implementaremos um Centro de Educação Infantil em cada comunidade, com ampliação de oferta de vagas de 0 a 3 anos e universalização do atendimento às crianças de 4 e 5 anos, como determina a legislação. A melhoria dos serviços públicos municipais passa pela valorização de servidoras e servidores do município e, para isso, pretendemos efetivar Plano de Cargos, Carreiras e Salários para todas as áreas, incluindo Saúde e Administração, além de revisar o PCCS da Educação. Nosso objetivo é transformar Petrópolis em uma cidade mais inclusiva, justa e democrática.

Vídeos: Funciona Assim – Eleições 2020



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui