Confira a entrevista com Dr. Luis Fernando, candidato à Prefeitura de Nova Friburgo pelo PROS | Região Serrana

0
19


No dia 15 de novembro 151.502 eleitores de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, vão às urnas escolher quem vai ser o prefeito e os vereadores da cidade a partir de 1º de janeiro de 2021. E para ajudar o eleitor a definir o seu voto, o G1 convidou os 16 candidatos a participar de uma entrevista com cinco perguntas sobre temas que influenciam a vida da população.

Os candidatos que enviaram as respostas após o prazo não tiveram os seus conteúdos publicados. Respostas que ultrapassaram o limite de caractere, previamente informado, também foram cortadas para garantir do mesmo espaço de resposta a todos os postulantes.

Doutor Luis Fernando é candidato pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS) à Prefeitura de Nova Friburgo. Ele tem 49 anos e iniciou sua trajetória como médico em 2006, nos postos de saúde. Em 2011, foi diretor da UPA e, em 2014, atuou durante nove meses na Secretaria de Saúde do município.

Confira a entrevista com o candidato:

1. O transporte público em Nova Friburgo está operando sem o contrato válido de licitação há mais de dois anos e o serviço tem sido alvo de reclamação pelos usuários. Quais serão suas primeiras medidas em relação à situação contratual do transporte visando a melhoria da prestação do serviço?

A ausência de contrato é uma irregularidade gravíssima, já que a Administração pública está adstrita a estrita legalidade. Se não tem contrato, a concessionária faz o que quer e quem é penalizado é a população, com ônibus sucateados, uma tarifa cara, linhas de Ônibus extintas. Vamos imediatamente cumprir a lei, abrindo processo licitatório, competitivo, a fim de que seja contratada a melhor empresa, que pague o seu funcionário o melhor justo, tarifa barata e transporte de qualidade.

2. Nova Friburgo é uma das cidades com maior número de veículos registrados por habitante no estado. Quais são as suas propostas para melhorar o trânsito no município?

Melhorar a sinalização, agente de trânsitos nos pontos críticos para orientar a fruição do trânsito, sinais inteligentes, campanhas educativas, recuperação das vias que estão esburacadas, estacionamento rotativo, estudo técnico com a engenharia de trânsito, para elaboração de projeto de abertura de vias alternativas.

3. Quais são as suas propostas para reduzir as judicializações na Saúde, melhorar o atendimento de urgência no Hospital Raul Sertã e tornar a Atenção Básica mais eficiente?

Vamos implantar a Câmera Técnica da Saúde que já existe em outros municípios, formada por médico, enfermeiro e advogado em que vão receber a demanda da população, avaliar caso a caso, tomando providências imediatas sem a necessidade de judicialização. Vamos fazer que as UBS funcionem 24 horas, como era antigamente. Com isso, vai desafogar o Hospital Raul Sertã, melhorando também a atenção básica.

4. Quais serão as principais ações do governo voltadas para o desenvolvimento da economia local e geração de empregos em Nova Friburgo?

Valorizar o comércio local, buscando parcerias com o banco do Brasil e a Caixa econômica federal, a fim de liberar linhas de crédito, com juros baixo, para que o comerciante, o empreendedor local possa investir mais em seu negócio gerando novos empregos.

5. Cite outras ações, além das citadas anteriormente, ou algum projeto específico que o senhor gostaria de implementar e contar à população sobre?

Vamos concretizar o Hospital do Olho e o Hospital da Criança. Nossas crianças terão atendimentos especializados, UTI neonatal. Já o hospital do olho vai tratar dos olhos dos friburguenses, a janela de nossas almas, com realização de operação de catarata, exames imediatos e acompanhamento constante, a fim de que a doença não se agrave e o paciente possa contar com atendimento rápido sem risco de perder a sua visão, como vem acontece atualmente em Nova Friburgo.

Vídeos: Funciona Assim – Eleições 2020



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui