Confira a entrevista com Alexandre Cruz, candidato à Prefeitura de Nova Friburgo pelo Cidadania | Região Serrana

0
42


No dia 15 de novembro 151.502 eleitores de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, vão às urnas escolher quem vai ser o prefeito e os vereadores da cidade a partir de 1º de janeiro de 2021. E para ajudar o eleitor a definir o seu voto, o G1 convidou os 16 candidatos a participar de uma entrevista com cinco perguntas sobre temas que influenciam a vida da população.

Os candidatos que enviaram as respostas após o prazo não tiveram os seus conteúdos publicados. Respostas que ultrapassaram o limite de caractere, previamente informado, também foram cortadas para garantir do mesmo espaço de resposta a todos os postulantes.

Alexandre Cruz é o candidato do Cidadania à Prefeitura de Nova Friburgo. Ele tem 49 anos, é vereador e o atual presidente da Câmara. Alexandre iniciou a carreira política em 1992, quando foi candidato pela primeira vez.

Confira a entrevista com o candidato:

1. O transporte público em Nova Friburgo está operando sem o contrato válido de licitação há mais de dois anos e o serviço tem sido alvo de reclamação pelos usuários. Quais serão suas primeiras medidas em relação à situação contratual do transporte visando a melhoria da prestação do serviço?

Vamos abrir imediatamente a licitação para escolher as novas empresas para operar o transporte público. A licitação tem que ter dados técnicos baseados no estudo de mobilidade da cidade, com pesquisa origem-destino para criarmos novas linhas, atendendo toda a população com um transporte público mais eficiente e com preço justo. Nossas ruas estão cheias de buracos, o que aumenta o custo do transporte, atrapalha o trânsito, causa acidentes e desconforto aos usuários. Vamos reativar a Usina de Asfalto e pavimentar as ruas em todos os bairros, especialmente, onde passa o transporte coletivo.

2. Nova Friburgo é uma das cidades com maior número de veículos registrados por habitante no estado. Quais são as suas propostas para melhorar o trânsito no município?

O alto número de veículos é resultado de um transporte público ineficiente. Vamos melhorar a qualidade e eficiência do transporte coletivo, licitando novas empresas, com um novo sistema de transporte público. Vamos aumentar a rapidez e eficiência do transporte coletivo construindo pistas exclusivas e ampliando a malha rodoviária. Do Edifício Itália até a ponte da Rua Sete vamos construir mais uma pista para veículos. Com isso, destinaremos uma pista exclusiva para o transporte público e desafogaremos o trânsito no Paissandu. Outras intervenções serão feitas na cidade com o mesmo objetivo.

3. Quais são as suas propostas para reduzir as judicializações na Saúde, melhorar o atendimento de urgência no Hospital Raul Sertã e tornar a Atenção Básica mais eficiente?

Todos esses problemas na saúde serão solucionados na melhoria da Atenção Básica. Cinco postos terão atendimento 24 horas. Retornaremos com o Prontil, o Pronto Atendimento Infantil. E também criaremos a Clínica da Mulher. Ambos com atendimento 24 horas. E, a marcação de consultas e exames será feita através de um aplicativo de celular: o Minha Saúde em Boas Mãos. Nele também constarão todas as informações dos pacientes, com históricos de consultas e prontuários. Através da informatização, não será mais preciso pegar resultados de exames, que serão enviados diretamente para o médico que solicitou.

4. Quais serão as principais ações do governo voltadas para o desenvolvimento da economia local e geração de empregos em Nova Friburgo?

Começaremos alavancar a economia com a construção civil. Temos que destravar as diversas obras paradas na cidade, cuja verba já está depositada em contas dos bancos federais. Essas obras ajudarão a gerar emprego e renda na cidade, além de melhorar a qualidade de vida. Outra importante fonte de renda será o turismo. Para isso temos que preparar e embelezar a cidade. Vou reativar a Usina de Asfalto e pavimentar as ruas e estradas, o que ajudará a fomentar o turismo. Também vou restabelecer os incentivos fiscais para as empresas de tecnologia para gerar emprego e renda, principalmente para os jovens.

5. Cite outras ações, além das citadas anteriormente, ou algum projeto específico que o senhor gostaria de implementar e contar à população sobre?

Nossa cidade precisa de reparos básicos. Vamos criar a Zeladoria, que cuidará da capina nas ruas, das lixeiras, do mobiliário urbano, como bancos das praças e parquinhos, da iluminação pública. Funcionários públicos serão valorizados com o Plano de Cargos e salários. Escolas terão horário estendido. Teremos Restaurantes Populares em Olaria e Conselheiro. Vamos resgatar o orgulho do friburguense, através da cultura, com a criação do Corredor Cultural, abertura do Cento de Arte, resgate da Oficina Escola e criação da Caravana da Cultura, levando artistas friburguenses aos distritos.

Vídeos: Funciona Assim – Eleições 2020



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui