Compromisso com a educação: Prefeitura de Teresópolis premia os melhores projetos de professores da rede pública municipal

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Teresópolis realizou mais uma edição do Prêmio ‘Fazer-se Professor’. O objetivo da premiação é fortalecer a educação do município por meio da valorização dos educadores.

Teresópolis, 11 de abril de 2022 – Na última quinta-feira (7), o Prêmio Fazer-se Professor 2.1, organizado Secretaria Municipal de Educação, entregou prêmios a seis educadores participantes, em evento para participantes e convidados, no Clube Comary.

Ao todo, foram 38 projetos inscritos, em seis categorias.  Esta foi uma edição diferente das demais, pois todos os projetos trouxeram a perspectiva do ensino remoto, seus desafios, e inovações que surgiram ao longo deste percurso. Educadores do Pré-escolar ao ensino fundamental II concorreram aos prêmios.

Após análise minuciosa da comissão julgadora, os projetos vitoriosos foram escolhidos e anunciados no evento, que contou com a palestra da renomada pedagoga paranaense, Regina Shudo, que falou sobre as difculdades e desafios da educação no retorno pós-pandemia.

Na categoria Professor Regente, o primeiro lugar ficou com Daniel Amaro, da E.M. Alcino Francisco da Silva, e seu projeto, “A esperança e o Coronaceno (Reflexões em tempos de pandemia)”. O segundo lugar ficou com Luana Alves, da E.M. Nossa Senhora Aparecida, com o projeto “Teresópolis pelo olhar da nossa gente!”. E em terceiro lugar o projeto de Natasha Soares, da C.M. Elza Corradini Medeiros, “Quando minha creche abrir…”

Já na categoria Prêmio Destaque, mais três professores foram premiados. Vencendo na categoria destaque A (agente de creche), o projeto de Roceline Oliveira, da C.M. Mariazinha Jannotti, “Meu corpo não pode parar – Práticas psicomotoras aliadas à literatura”. O prêmio destaque B (Alunos da Educação Especial) ficou com o Professor Genivaldo Cândido, do CEROM, e seu projeto “A música como alternativa para melhoria da qualidade de vida e para o estímulo à aprendizagem durante a pandemia”. E na categoria prêmio destque D (gestores e orientadores pedagógicos), Gracielle Suzart, da Creche Paraíso, saiu vitoriosa.

A Secretária de Educação, Satiele Santos, comentou sobre a difícil escolha da comissão julgadora e elogiou os professores da rede pública municipal de ensono: “Diante de tantos profissionais competentes, capacitados e com vontade de fazer mais por nossa educação, deve ter sido um trabalho árduo para a comissão julgadora escolher os melhores projetos. Agradeço a Cristina Esteves, chefe do pedagógico e toda a equipe na SME, que tornou possível a realização deste prêmio após momentos tão difíceis para a educação.”

O evento foi restrito para professores inscritos e mais dois convidados cada um, equipe da Secretaria Municipal de Educação e contou também com a presença do Vereador Teco Despachante. Ao final, um pocket show do músico Denis Lopes.



Fonte: Prefeitura de Teresópolis