Com frente fria, pessoas em situação de rua em Teresópolis são assistidas e acolhidas em abrigo | Região Serrana

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Com a queda na temperatura em todo o Estado do Rio, equipes de abordagem do Centro de Referência Especializada da Assistência Social (Creas) em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, estão realizando rondas noturnas de acolhimento a pessoas que vivem em situação de rua.

O trabalho é feito todas às terças, quartas e quintas-feiras, das 21h às 00h.

Moradores em situação de rua são acolhidos e chamados para irem pra abrigo em Teresópolis — Foto: Prefeitura de Teresolis

Na cidade, os termômetros chegaram a registrar 6,5 ºC. Além de encaminhamento para o abrigo da Associação Beneficente Sopão, ocorre a distribuição de chocolate quente para todos os abordados e entrega de cobertores aos que optam por continuar na rua.

As ações tanto das equipes do Creas quanto da Defesa Civil foram antecipadas, com início nesta semana, devido à chegada da frente fria.

Em reunião de emergência realizada na última segunda-feira (16) foram definidas as medidas especiais. Participaram do encontro, realizado na Secretaria de Desenvolvimento Social, o secretário de Desenvolvimento Social, Valdeck Amaral, o subsecretário de Defesa Civil, Tenente Nascimento, além de suas respectivas equipes, e o responsável pelo abrigo da Associação Beneficente Sopão, Pastor Marcos.

As pessoas que desejam colaborar com a ação por meio da doação de cobertores podem entregar os donativos no Creas, localizado na Rua Carmela Dutra, nº 812, na Várzea, ou entrar em contato pelo telefone (21) 92005-2021.

Já o abrigo da Associação Beneficente Sopão também recebe doações de roupas masculinas, cobertores e alimentos. O abrigo fica na Rua Tenente Luiz Meirelles, no Bom Retiro, ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Fonte: G1