Chuva causa transtornos em cidades da Região Serrana do Rio | Região Serrana

0
28


O fim de semana prolongado pelo feriado de Nossa Senhora Aparecida, celebrado nesta terça-feira (12), tem sido chuvoso em várias partes do estado do Rio. Na Região Serrana, a chuva dos últimos dias têm gerado transtornos em alguns municípios.

Em Santa Maria Madalena, houve registro de queda de quatro árvores ao longo da RJ-182 desta segunda (11) para terça-feira (12). Segundo a Defesa Civil, a rodovia chegou a ficar interditada, mas logo depois foi limpa e liberada.

Ainda de acordo com a Defesa Civil de Santa Maria Madalena, apesar de ter chovido o acumulado de 83 milímetros em 48 horas, não houve registros graves na cidade.

Chuva causa deslizamento parcial de rua em Macuco, no RJ — Foto: Defesa Civil

Em Macuco, parte de uma rua no bairro São Jose deslizou na manhã desta terça. A Defesa Civil já isolou o local e protegeu o barranco com uma lona para que a água não penetre mais no solo.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Macuco, não há casas próximo ao local do deslizamento e ninguém se feriu.

Lona foi colocada em local de deslizamento em Macuco, RJ, para evitar que problema fica ainda maior — Foto: Defesa Civil

Por volta de 12h40, moradores da Rua Pedro Salusse, no Bairro Suíço, em Nova Friburgo, ouviram um barulho vindo de uma casa que fica próxima a uma área de mata. Segundo a Defesa Civil, que chegou ao local por volta das 13h20, o som ouvido pelos moradores foi do desabamento do beiral de um imóvel.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, o imóvel foi parcialmente interditado, os técnicos aconselharam o proprietário a instalar um suporte provisório para o beiral e não circularem pelo local. A equipe deve retornar ao local para finalizar a vistoria. Ninguém se feriu.

Ainda na tarde desta terça, moradores do condomínio Dom Bosco, no bairro Cordoeira, também em Nova Friburgo, tiveram o abastecimento de água suspenso por causa de um deslizamento de terra que caiu e destruiu o encanamento da caixa d’água que abastece as residências. Segundo a Defesa Civil, não houve feridos, e os agentes foram chamados por causa do volume de água.

O g1 entrou em contato com a concessionária responsável pelo fornecimento de água e aguarda o retorno.



Fonte: G1