Wendell, ex-goleiro e preparador de goleiros, morre aos 74 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O ex-goleiro Wendell, de 74 anos, que atuou por Botafogo, Fluminense e na seleção brasileira, morreu nesta segunda-feira (23).

Como preparador de goleiros, Wendell esteve na comissão técnica do Brasil nas Copas de 1994, 1998 e 2006. No tetracampeonato, o ex-arqueiro viu Cláudio Taffarel ser um dos destaques daquele mundial. Aliás, Taffarel se manifestou sobre a morte do seu companheiro de seleção. “Hoje perdemos não só um grande treinador, mas também um grande amigo. Descanse em paz, Wendell”, escreveu na rede social.

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, lamentou a morte de Wendell. “Em nome da CBF e de seus colaboradores, desejo muita força aos familiares e amigos nesse momento, na certeza que o Wendell será sempre reconhecido por sua competência e espírito vitorioso”, disse.

Botafogo e Fluminense, clubes onde Wendell teve destaque, também lamentaram a morte do ex-goleiro.

Fonte: O São Gonçalo