Vasco pede liberação à Prefeitura do Rio para ter público nos jogos em São Januário

0
13



Essa quinta-feira (16) foi bastante movimentada no Vasco. Uma pequena paralisação dos funcionários, por conta de salários atrasados, ocorreu em São Januário. Já na esfera do ‘campo’, o Cruzmaltino, por sua vez, enviou um pedido à Secretaria Municipal de Saúde do Rio pedindo a volta da torcida no seu estádio.

Na nota do Vasco, o clube entende o momento difícil pela pandemia da covid-19, e diz que seguirá com todos protocolos sanitários definidos pela Prefeitura do Rio, caso tenha a liberação em mãos. Nesta sexta-feira (17), haverá uma reunião, às 15h, entre o Conselho Técnico do Campeonato Brasileiro da Série B, a CBF e os 20 clubes do campeonato, para definirem se o retorno do público estará liberado a partir da 25ª rodada.

Caso haja a liberação, o Vasco poderá receber público em São Januário, já na partida contra o Cruzeiro, no domingo (19), às 16h, pela Série B.

Veja na integra a nota oficial do Vasco:

O Vasco da Gama informa que deu entrada nesta quinta-feira (16/09), junto à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), na documentação necessária para autorização do retorno de público ao estádio de São Januário, seguindo os protocolos sanitários definidos pelo município do Rio de Janeiro.

Nesta sexta-feira (17/09), conforme informado anteriormente, haverá reunião do Conselho Técnico do Campeonato Brasileiro Série B, entre a CBF e os 20 clubes participantes, para definirem se o retorno de público estará liberado a partir da rodada 25. O encontro virtual está marcado para acontecer às 15h.

Se a decisão for pela liberação da torcida nos estádios, que seria definido com 80% dos municípios liberados para o retorno de público, e com a autorização da SMS devidamente expedida, o Vasco inicia então sua comercialização de ingressos para a partida Vasco x Cruzeiro que será disputada no domingo 19/09, às 16h, em São Januário.

Os bilhetes à venda serão destinados apenas a um setor de São Januário, com carga reduzida, já que trata-se de um evento teste, o primeiro com público após as medidas restritivas impostas pela pandemia de COVID-19.

A comunicação completa com todas as informações da comercialização de ingressos, se cabível, será feita após o término da reunião da CBF desta sexta-feira.



Fonte: O São Gonçalo