Um desses quatro vereadores deve ser o próximo ‘prefeito interino’ de Petrópolis

0
207

Um desses quatro vereadores deve ser o próximo ‘prefeito interino’ de PetrópolisOs vereadores Hingo Hammes (DEM), Gilda Beatriz (PSD), Yuri Moura (PSOL) e Marcelo Lessa (Solidariedade) confirmaram que concorrerão no dia 1º de janeiro de 2021, à presidência da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Petrópolis. A posse dos vereadores eleitos será no mesmo dia, às 13h30 na Casa Legislativa, antes da escolha do novo (a) presidente, em uma solenidade restrita devido à pandemia provocada pela covid-19.

Vale ressaltar, que quem assumir a presidência assumirá interinamente a Prefeitura de Petrópolis, até que novas eleições sejam realizadas no município. Isso porque Rubens Bomtempo (PSB), candidato ao cargo mais votado nas eleições, não foi declarado prefeito eleito pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por estar com os direitos políticos suspensos.

Ao Diário de Petrópolis Hingo ressaltou que quando se candidatou à presidência da Casa, em 2019, queria resgatar a credibilidade do Legislativo, e trabalhar de forma séria e responsável. “É claro que toda essa questão relativa à Prefeitura nos preocupa. O presidente da Câmara a ser eleito em 1° de janeiro terá a enorme responsabilidade de assumir a Prefeitura interinamente em meio à pandemia e em pleno verão, quando geralmente há maior volume de chuvas na Região Serrana. É uma responsabilidade e tanto, que demanda não apenas experiência administrativa, mas, principalmente, diálogo. Tentamos um consenso entre os vereadores eleitos, de forma que fosse possível fazer agora a transição de governo, mas isso não foi possível. O que posso garantir é que, se for da vontade da maioria, vou encarar este desafio com toda a garra necessária neste momento”, disse.

Para Gilda o desejo de mudança por parte dos petropolitanos foi o que motivou a sua candidatura a presidência da Casa Legislativa. “A cidade de Petrópolis mostrou, no último pleito, que anseia por renovação e, por este motivo, me senti na obrigação de buscar um novo caminho, dizendo não à manutenção dos mesmos modelos de poder. Fui a única vereadora reeleita a ter cumprido o último mandato de forma plena, tenho dois mandatos de experiência e me sinto na obrigação de assumir a presidência neste momento tão delicado para a cidade de Petrópolis. Essa eleição não se trata apenas de uma reformulação da mesa diretora da Câmara, mas de quem será o próximo Prefeito interino de nossa cidade”, ressaltou.

Yuri salientou o momento difícil que o candidato eleito enfrentará ao assumir o cargo. “O Legislativo vai conduzir a cidade em um momento de crise sanitária, econômica, política e social. Tenho defendido um governo de coalizão, uma aliança entre o parlamento e a população para conseguirmos fazer a transição o mais rápido possível. Não podemos esperar até o dia primeiro para elaborarmos um plano de prioridades e gestão enquanto a cidade sofre com as chuvas, as filas nas UPAs, a falta de leitos nos hospitais, com o transporte público lotado e o desemprego em alta. Estou conversando com meus pares, defendo um consenso, que a gente forme no diálogo a Mesa Diretora antes do dia 1° de Janeiro, cumprindo apenas o rito após a posse. Caso esse consenso não ocorra serei candidato para defender o projeto de governo de coalizão. Petrópolis precisa de muita responsabilidade neste momento, não é hora para meros projetos partidários e eleitorais. Estou a disposição da minha cidade, 2021 não será fácil, e na condição de vereador mais votado quero dar o meu máximo junto de quem sonha com uma cidade de oportunidades”, destacou.

Marcelo Lessa destacou a crise na saúde e sua discordância com a gestão atual como motivadores de sua candidatura. “Acredito que Petrópolis enfrenta um momento muito difícil na saúde e também na parte financeira. Quem assumir a presidência da Câmara Municipal, e como consequência a Prefeitura precisa estar pronto para mudar o modelo de gestão que foi adotado nos últimos anos e pretendo fazer isso”, disse.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]