Rios transbordam em São Gonçalo por causa das chuvas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



Dois rios de São Gonçalo estão transbordando com as chuvas que assolam o município neste sábado (30). O Rio Alcântara, próximo ao Parque São Sebastião e Jardim Nova República, está transbordando nessa tarde. As águas podem causar transtornos para quem passa pela região próxima à 74ª DP (Alcântara). Um outro rio, o Rio da Aldeia, no distrito de Ipiiba, também está com o nível no limite de transbordamento. A Defesa Civil do município está em estado de alerta e pede para que moradores de bairros próximos fiquem atentos e deixem suas casas ao menor sinal de riscos.

As chuvas tiveram início na madrugada deste sábado (30) em São Gonçalo e devem permanecer durante todo o dia. Segundo o Climatempo, amanhã (01), a chuva deve cessar e retornar apenas na segunda-feira (02). Na terça-feira (03), no entanto, não haverá mais chuvas.

A Prefeitura informou a O SÃO GONÇALO que equipes da Secretaria de Conservação estão nas ruas atuando em ações de limpeza e desobstrução de bueiros. O município, segundo a Defesa Civil, segue em estágio de observação. “Equipes da Secretaria de Assistência Social também estão de prontidão para dar suporte aos moradores de áreas alagadas. De forma preventiva, foi aberto ponto de apoio na Escola Municipal Professor Aída Vieira de Souza, no Jardim Catarina, bairro bastante afetado pelas chuvas, com muitas áreas alagadas. As secretarias de Assistência Social e Saúde e Defesa Civil estarão com equipes no local para garantir suporte às famílias que precisarem de abrigo”, informou o órgão. 

Como O SÃO GONÇALO informou pela manhã, uma pessoa morreu e outras quatro ficaram feridas após o carro onde estavam cair num valão, na Rua Dona Antônia, próximo ao lote 1, em Monjolos, São Gonçalo. O acidente ocorreu por volta das 8h da manhã e os sobreviventes foram socorridos pelos bombeiros. O corpo da vítima fatal, um homem, que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Tribobó.



Fonte: O São Gonçalo