Reunião aborda dramas de mães que perderam os filhos para o tráfico

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Um encontro para falar sobre as dificuldades enfrentadas por mulheres cujos filhos morreram por causa do envolvimento com o tráfico reuniu diversas mães nesse sábado em São Gonçalo. A conversa contou com a presença do cientista político Marcos San e da fundadora do projeto social  “Amor de mãe”,  Elisângela Rodrigues, moradora do Complexo do Salgueiro. Atualmente, cerca de 150 mulheres são atendidas com cursos profissionalizantes para ajudar na reinserção social, ao mesmo tempo sendo acolhidas umas pelas outras que lutam por seus filhos. 

“Quero parabenizar a Elis, que transformou a dor da perda em ação. O projeto visa resgatar as pessoas não só do ponto de vista econômico, mas, sobretudo, do ponto de vista emocional”, ressaltou San, que já morou no município e é especialista em causas sociais.

Marcos San é autor do projeto “+ Acesso”, que, por meio do conceito “busca ativa”,  formou equipes que visitam domicílios para mapear o o alcance das políticas públicas junto à população mais vulnerável. Para além das visitas, as equipes apresentam os resultados aos gestores estaduais, buscando criar estratégias para otimizar investimentos e recursos públicos, a fim de tornar mais simples e rápida a resposta ao cidadão.

“Temos uma presença bem grande na capital, na Baixada e em toda a Região Metropolitana, que concentra uma considerável parcela da população e o maior desafio de políticas públicas. Preparamos as equipes para que elas possam identificar com bastante detalhe o que está acontecendo nessas localidades, como falta de escolas, de vagas para os estudantes, acesso a documentos, programas sociais. O resultado desse levantamento vai validar as políticas públicas do governo do Estado” explica Marco San, assessor especial do governador.

Fonte: O São Gonçalo