Quem desrespeitar fechamento das praias do Rio neste fim de semana poderá ser multado em R$ 562

0
10


O acesso às praias da cidade do Rio está proibido até as 5h de segunda-feira (22). Neste período, o estacionamento em toda a orla carioca será exclusivo para moradores, idosos e portadores de deficiência, e não haverá o fechamento das vias junto à faixa de areia e do Aterro do Flamengo para lazer amanhã. O decreto do prefeito Eduardo Paes (DEM) estabelecendo as restrições, que entrou em vigor no primeiro minuto deste sábado (20), veta a permanência tanto na areia quanto no mar, inclusive para a prática de atividades físicas — quem desrespeitar esta regra poderá ser multado em R$ 562,42.

A proibição foi adotada para responder à alta da Covid-19 na cidade. Agentes municipais ocuparão pontos estratégicos da orla carioca para evitar a ocupação das areias — o cerco começou assim que o decreto entrou em vigor. Paes já anunciou que na segunda-feira, quando acaba a validade do decreto editado por ele na semana passada com outras restrições, ele deverá tomar novas medidas.

— A gente sabe que as praias não são local de grande transmissão por serem um espaço aberto, mas precisávamos sinalizar para a população que não dá para viver a vida normal — disse Paes, que, em entrevista coletiva, fez um apelo: — As pessoas estão morrendo. É preciso pôr o freio de mão. Precisamos da ajuda da população. Apelo para que, se possível, fiquem em casa. A situação é grave.

O secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale, afirmou que a operação para impedir o acesso às praias vai contar com o apoio da PM. Carros com alto-falantes vão orientar as pessoas a ficarem em casa e a evitarem aglomerações. Quem desrespeitar está sujeito a multa de R$ 562,42. Como o comércio ambulante e os barraqueiros estão proibidos, poderão ocorrer ainda apreensões de mercadorias. Os quiosques poderão continuar abertos até as 21h.

Os trechos do Arpoador, de Ipanema na altura da Farme de Amoedo, do Jardim de Alah e do Pontal Tim Maia são pontos considerados críticos. Além do efetivo mobilizado, câmeras de segurança vão ajudar na fiscalização.

— Nas restrições às atividades noturnas na cidade fizemos isso com ocupações prévias da Praça São Salvador (Laranjeiras), da Olegário Maciel (Barra) e do Ponto Chic (Bangu) — disse Carnevale.





Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui