Programa Sanear Comunidades chega ao bairro do Camburi, em Maricá

0
49



A Companhia de Saneamento de Maricá realizou, na noite da última quinta-feira (13), uma reunião com moradores da Comunidade do Camburi. A comunidade é uma das que vão receber o Programa Sanear Comunidades, dividido nos projetos Sanear + Esgoto e Sanear + Água, lançado pela Companhia em novembro passado, e que já está contemplando a comunidade do Spar, no 3º distrito e em estudo está a Comunidade da Estação, em Ponta Negra.

Os diretores da Sanemar Horácio Figueiredo e Gleudes Praxedes, respectivamente Diretorias de Projetos Socioambiental e Obras Diretas explicaram aos moradores do Camburi as etapas do programa. Segundo Horácio a ideia é que os dois projetos sejam implantados no bairro, que tem cerca de 80 residências. 

“Essa primeira reunião serviu para apresentar o programa aos moradores e avaliar as necessidades da comunidade quanto ao esgotamento sanitário e o abastecimento de água”, disse o diretor.

O programa Sanear Comunidades tem como objetivo atender de forma mais célere as comunidades mais carentes da cidade, pois as obras de infraestrutura tanto de água quanto de esgoto são de médio a longo prazo. 

Na parte do esgotamento sanitário se avalia a necessidade da implantação do sistema de fossa, filtro e sumidouro em algumas áreas, e a instalação de redes locais de esgoto com estações compactas em outras. E no quesito água a ideia é que o abastecimento seja por meio de caminhões-pipa ou com obras de extensão de rede a serem realizadas pela Águas do Rio, Concessionária que assumiu o serviço de distribuição de água em Maricá também em novembro de 2021.

Para a presidente da Sanemar, Rita Rocha, atender as comunidades em situação de vulnerabilidade é prioridade. 

“O programa foi criado para que essas comunidades em situação de vulnerabilidade recebam de forma emergencial atendimento de esgoto e água. Nosso projeto de esgotamento sanitário atenderá todo o município, mas temos consciência de que as obras são complexas e de médio a longo prazo. Por isso, o Sanear Comunidades, que se desdobra nos projetos é essencial nesse momento”, ressaltou Rita.



Fonte: O São Gonçalo