Prefeitura vai demolir imóvel onde criança morreu após laje desabar; polícia investiga

0
10


O imóvel abandonado onde uma criança morreu após desabamento de uma laje, nesta quinta-feira, no Lins de Vasconcelos, Zona Norte do Rio, será demolido. De acordo com a Defesa Civil Municipal, houve queda de parte de uma parede lateral sobre a laje do imóvel causando o desabamento da estrutura. A casa já estava parcialmente demolida e tem dois andares. Toda a área foi interditada. A Prefeitura do Rio foi acionada para fazer a demolição da parte remanescente do imóvel. A Polícia Civil investiga o caso e tenta localizar o proprietário da casa.

Michael de Matos da Conceição Deodato, de 11 anos, tinha ido buscar tijolos para fazer uma casa para o cachorro de estimação que ele tinha ganhado de presente há pouco tempo. Além do menino, outras duas crianças estariam no imóvel na hora do desabamento. Uma delas acabou se ferindo e foi socorrida para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier. Michael também chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos, já que ficou embaixo dos escombros.

Ainda segundo a Defesa Civil, não há registro de chamados anteriores para esse endereço. O imóvel ficava em uma área alta e isolada e, pelas caractéristicas, devia estar abandonado há algum tempo.

Casa tinha dois andares e estava abandonada há algum tempo
Casa tinha dois andares e estava abandonada há algum tempo Foto: Divulgação/Defesa Civil

O pai da criança chegou no Instituto Médico-Legal (IML), no Centro do Rio, acompanhado por uma mulher, por volta das 9h desta sexta-feira para fazer a liberação do corpo de Michael, que chegou às 10h30.

De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado na 23ª DP (Méier) e o procedimento será encaminhado para a 26ª DP (Todos os Santos), que prosseguirá com as investigações. Testemunhas estão sendo ouvidas e familiares da vítima também prestarão depoimento. A perícia será realizada, e outras diligências estão sendo feitas para localizar o responsável pelo imóvel e esclarecer as causas do desabamento.

A dona de casa Linda Rosa de Carvalho, de 29 anos, contou que as duas crianças eram primos. Michael era filho da prima do seu marido. O outro menino foi identificado por ela apenas como Caio.

— Criança faz o que a gente nem imagina. Anda aonde não pode, sem a gente deixar. A mãe vai trabalhar e acontece isso — lamentou.

O acidente aconteceu na Rua dos Infantes, na comunidade Camarista Méier. O Corpo de Bomeiros foi acionado às 17h11 e enviou militares do quartel do Méier. Caio foi removido por moradores da comunidade. De acordo com a direção do Hospital Municipal Salgado Filho, as duas crianças vítimas do desabamento deram entrada na unidade,mas uma delas já chegou em óbito. A outra vítima tem estado de saúde estável.

Equipe da Defesa Civil foram acionadas e isolaram a área
Equipe da Defesa Civil foram acionadas e isolaram a área Foto: Divulgação/Defesa Civil

Whatsapp





Fonte: G1