Prefeita eleita de Guapimirim garante na Justiça que serviços de saúde não sejam paralisados

0
374

Prefeita eleita de Guapimirim garante na Justiça que serviços de saúde não sejam paralisadosPreocupada com a manutenção do atendimento à população nesses últimos dias de 2020, a prefeita eleita de Guapimirim, Marina Rocha (PMB) garantiu na Justiça, através de uma ação conquistada do Ministério Público, que os serviços de atendimento do SUS não sejam paralisados na cidade. Ao analisar contratos e documentos, a equipe de transição da prefeita eleita constatou que alguns serviços poderiam ser paralisados se nenhuma atitude fosse tomada.

A Prefeitura de Guapimirim terá que apresentar uma lista de todos os profissionais de saúde que foram exonerados nos últimos meses, também disse Marina Rocha. Ela também reclamou que vai herdar uma dívida do governo de Zelito Tringuelê, na ordem de R$ 80 milhões, conforme também apurou a equipe de transição do governo.

“Estamos trabalhando em uma força tarefa para saber como está a estrutura da administração municipal desde contratos, finanças, servidores, patrimônio e tudo o que está relacionado a este momento, que é o de transição de governo. Um dos nossos maiores objetivos é garantir que os serviços estejam mantidos e que os insumos e medicamentos não faltem no atendimento dos nossos pacientes. É por isso que tomamos as devidas medidas, travando essa luta contra o tempo e contra o abandono final. Assim continuaremos!”, escreveu a prefeita eleita.

https://youtu.be/Xi2RpxvCw-M

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]