Policiais prendem casal que ameaçava começar um massacre em escola

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



Um casal foi preso, em Saquarema, na Região dos Lagos, após tentar promover um massacre dentro de uma escola, nesta sexta-feira (6). Ambos foram detidos por agentes da Polícia Civil.

O homem, de 34 anos, e a mulher, de 37, usavam perfis falsos para ‘promover’ o massacre, que aconteceria nesta sexta-feira, dia 6 de maio. Eles usavam o nome de Eric Dylan e Alan Borges e comentavam em diversas publicações com esses nomes falsos.

A direção do colégio, onde supostamente aconteceria o massacre, é uma rede particular e anunciou pelas redes sociais que, devido as ameaças, eles contataram à delegacia Especializada em Crimes Virtuais, pedindo para que fosse analisado os perfis responsáveis pelas publicações.

O Colégio Estadual Oliveira Viana, que também é em Saquarema, chegou a comunicar sobre as ameaças que eles também receberam. Falando sobre um possível ataque no dia 6 de maio. A escola também contatou a polícia para investigações.

Os policiais civis da delegacia de Repressão ao Crimes de Informática (DRCI) conseguiram localizar o endereço de onde eram enviadas as mensagens pelos perfis falsos. Logo depois, foi feita a prisão dos suspeitos.

As ameaças eram todas direcionadas às turmas de educação infantil e caso tivesse dado certo, levaria a uma enorme quantidade de crimes cometidos contra a vida de crianças e adolescente e também funcionários locais, que estariam pelas escolas.

Durante a prisão, o homem tentou tomar a arma do policial em um ato de resistência, porém foi parado rapidamente pela equipe. A polícia falou que os ataques eram planejados no modelo dos ataques que ocorreram em Columbine, nos EUA.



Fonte: O São Gonçalo