Paes prevê vacinação de todos com mais de 18 anos no Rio até outubro; veja o calendário

0
18


RIO – Eduardo Paes anunciou, na noite desta quarta-feira, dia 12, a intenção de vacinar todos os moradores do Rio com mais de 18 anos até outubro. O prefeito postou o novo calendário de imunização contra a Covid-19 nas redes sociais.

— Temos recebido de forma regular e em mais quantidade as vacinas, especialmente a Astrazeneca. Isso nos permite ter mais previsibilidade na divulgação desse calendário. Pretendemos, ao longo das próximas duas semanas, terminar a vacinação de todas as pessoas com comorbidade e pessoas com deficiência permanente (PCD) — disse Paes em sua conta no Twitter.

De acordo com o cronograma divulgado, a partir de 31 maio a vacinação de pessoas de fora do grupo prioritário terá início. Começando pelas mulheres de 59 anos, a imunização seguirá dividida por gênero e faixa etária até o dia 23 de outubro, quando contemplará pessoas com 18 anos ou mais.

Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”.

Confira o calendário divulgado

Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”.
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”. Foto: Reprodução
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”.
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”. Foto: Reprodução
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”.
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”. Foto: Reprodução
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”.
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”. Foto: Reprodução
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”.
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”. Foto: Reprodução
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”.
Em sua conta no Twitter, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que “as datas foram definidas com base na previsão de chegada de doses e o calendário pode ser cumprido se não ocorrerem atrasos”. Foto: Reprodução





Fonte: G1