MPRJ divulga classificação de risco para jogo entre Flamengo e Atlético-MG

Vias importantes no entorno do Maracanã serão interditadas mais cedo nesta quarta-feira (13/07), a partir das 17h30, com objetivo de ordenar a região e garantir a segurança e o bem estar do público no estádio e no entorno, para o jogo entre Flamengo e Atlético-MG, às 21h30, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. As medidas para melhor organização do evento foram estabelecidas em reunião entre os órgãos envolvidos no planejamento e realização dos jogos, com participação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Coordenadoria-Geral de Segurança Pública (CGSP/MPRJ) e do Grupo de Apoio Técnico Especializado (GATE/MPRJ). O jogo foi definido como Bandeira Vermelha na classificação de risco – a mais alta, em uma escala de 1 a 4.

Uma mudança excepcional para o jogo é o esquema especial de trânsito montado pela CET-Rio. Para atender ao evento, dez vias no entorno do estádio serão interditadas das 17h30 à 1h30 (normalmente, em dias de jogos,  os fechamentos são às 18h30). Cerca de 250 guardas municipais e agentes de trânsito atuarão na operação especial. O policiamento também receberá forte reforço, com previsão de 620 policiais do Batalhão de Ações com Cães, do Choque e Cavalaria. A prefeitura recomendou que motoristas evitem passar pela região durante as interdições e procurem utilizar as rotas alternativas.

Classificação de risco

Através de metodologia desenvolvida pelo GATE/MPRJ, os órgãos responsáveis pela organização, segurança, mobilidade e ordem pública do Maracanã conseguem definir antes de cada evento todo o conjunto de medidas a serem adotadas de acordo com o bandeiramento de riscos da partida. A escala varia entre as “bandeiras” verde, amarela, laranja e vermelha, indo do menor para o maior grau de perigo. Os critérios de classificação e manuais de procedimentos em conjunto ajudam a prever possíveis crises e predefinir quais as respectivas soluções, em prol da melhor organização dos eventos, bem-estar do público e garantia de segurança.

A aplicação do protocolo de ações e classificação de riscos teve início em setembro de 2019, na disputa entre Flamengo e Palmeiras. Acabou sendo interrompida em 2020, em decorrência da pandemia de Covid-19, retornando agora em 2022.

Interdições para Flamengo x Atlético-MG (13/07)

Das 17h30 à 1h30

– Rua Professor Eurico Rabelo;

– Rua Visconde de Itamarati, entre as ruas São Francisco Xavier e Professor Eurico Rabelo;

– Rua Isidro de Figueiredo;

– Rua Conselheiro Olegário;

– Rua Artur Menezes;

– Rua Mata Machado, entre a Avenida Paula Sousa e a Avenida Maracanã;

– Avenida Maracanã, em ambos os sentidos, entrea Rua São Francisco Xavier e a Avenida Presidente Castelo Branco (Radial Oeste).

– Avenida Presidente Castelo Branco (Radial Oeste), sentido Centro, entre a Rua São Francisco Xavier e a Avenida Maracanã;

– Viaduto Oduvaldo Cozzi, nos acessos à Avenida Maracanã.

– Avenida Professor Manoel de Abreu, sentido Praça da Bandeira, entre a Rua Dona Zulmira e a Avenida Presidente Castelo Branco (Radial Oeste).

Rotas alternativas

Provenientes do Centro e Zona Sul

– Para a Tijuca: utilizar rota da Paulo de Frontin e Satamini ou seguir pela Praça da Bandeira, Rua Pará/ Rua Paraíba e Rua Mariz e Barros;

– Para Vila Isabel e Grajaú: utilizar rotas acima e em seguida Rua Major Ávila e Rua Felipe Camarão;

– Para a região do Grande Méier: utilizar a rota da Rua Visconde de Niterói.

Provenientes da Tijuca, Grajaú, Vila Isabel e entorno

– Para o Centro e a Zona Sul: utilizar a rota Conde de Bonfim – Haddock Lobo.

Provenientes do Grande Méier

– Para o Centro e a Zona Sul: utilizar a rota da Rua Visconde de Niterói.

Moradores do entorno

O acesso de veículos de moradores do entorno imediato ao Maracanã (ruas Professor Eurico Rabelo, Visconde de Itamarati, Isidro de Figueiredo, Artur Menezes e Conselheiro Olegário) será feito, exclusivamente, pela Avenida Paula Sousa e a Rua Professor Eurico Rabelo, mediante apresentação de comprovante de residência.

Fonte: O São Gonçalo