‘Meu pai é procurador, você vai perder teu emprego’, ouviu outra fiscal da Vigilância que sofreu intimidação em bar 

0
130


RIO – Quando o público de um bar na Rua Olégario Maciel, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, começou a entoar o canto “Eu não vou embora”,  na noite da última sexta-feira, a assistente de coordenação de fiscalização da Vigilancia  Sanitária Jane…

Leia mais




Fonte: G1