Jovem vítima de racismo por alunos do Franco-Brasileiro retoma estudos em novo colégio

18


A estudante Fatou Ndiaye, de 15 anos, vítima de racismo em mensagens trocadas por alunos do Liceu Franco-Brasileiro, na Zona Sul do Rio, onde estudava, compareceu ao primeiro dia de aula em um novo colégio nesta segunda-feira. Fatou ficou 40 dias…

Leia mais




Fonte: G1