Famosa Batata de Marechal Hermes é interditada pela Vigilância Santiária do Rio

0
294


Localizada perto da Estação de trem de Marechal Hermes, na Zona Norte do Rio, a famosa “Batata de Marechal” foi interditada pela Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro na noite de sábado, dia 6. O estabelecimento, aberto pelo comerciante Ademar de Barros Moreira há 30 anos, teve três autos de infração lavrados pelos agentes da Vigilância: Falta de licença sanitária do período vigente, falta de asseio na manipulação de alimentos e alimentos impróprios para consumo e funcionamento em horário em desacordo com o decreto municipal.

A Batata de Marechal foi um dos 70 estabelecimentos fiscalizados pelo órgão desde que o decreto municipal 48.573/21 entrou em vigor desde às 17h de sexta-feira, dia 5, e irá se estender até a próxima quarta-feira, dia 11, com as restrições impostas pelo prefeito Eduardo Paes para combater o avanço da Covid-19.

Foram constatadas condições higiênico-sanitárias insatisfatórias dentro do estabelecimento e na manipulação dos alimentos, que estavam armazenados em recipientes inadequados e reaproveitados. Os produtos também estavam sem procedência, sem data de validade e mantidos fora de refrigeração. Os responsáveis pelo estabelecimento receberam algumas orientações técnicas no momento da inspeção.

Produtos utilizados pela Batata de Marechal estavam sem validade, sem procedência e armazenados de forma irregular
Produtos utilizados pela Batata de Marechal estavam sem validade, sem procedência e armazenados de forma irregular Foto: Divulgação / Seop

O local ficará interditado até a desinterdição ser solicitada pelo estabelecimento ao 1746. Será realizada uma nova inspeção para constatar o cumprimento das exigências para adequação dos processos de trabalho, melhoria das condições higiênico-sanitárias e licença sanitária de 2021. A Vigilância ainda disponibilizou a realização do Curso de Noções Básicas de Higiene para Manipuladores de Alimentos no IVISA para os donos e funcionários do comércio.

Segundo a Vigilância Sanitária, Marechal Hermes fazia parte do roteiro de fiscalização planejado pela SEOP e não fomos informados sobre possíveis denúncias na região.

A fiscal da Vigilância Sanitária do Rio faz a vistoria na cozinha da Batata de Marechal
A fiscal da Vigilância Sanitária do Rio faz a vistoria na cozinha da Batata de Marechal Foto: Divulgação / Seop





Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui