Ex-procurador diz que já tem R$ 500 mil na conta para indenizar Lula

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



O ex-procurador da República Deltan Dallagnol anunciou, na noite desta quinta-feira (24), que já arrecadou a quantia de R$ 500 mil para indenizar o ex-presidente Lula (PT) por danos morais. O ex-comandante da força-tarefa da extinta Operação Lava Jato em Curitiba afirmou que recebeu “doações espontâneas” e que elas são um “ato de solidariedade e protesto”. 

Em suas redes sociais, o ex-integrante do Ministério Público Federal (MPF) disse que o valor é “mais que suficiente” para cobrir o valor da indenização de R$ 75 mil a qual foi condenado a pagar, caso “não consiga derrubar” a decisão proferida pelo Superior Tribunal de Justiça.

“Mesmo que não consiga, juntos poderemos fazer a diferença na vida de centenas de crianças com câncer e autismo que precisam muito desse dinheiro”, completou, indicando que vai doar o dinheiro que sobrar para hospitais filantrópicos.

A decisão do pagamento de indenização foi arbitrada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na terça-feira (22), no âmbito da ação em que Lula pediu R$ 1 milhão por danos morais em razão do PowerPoint em que o ex-chefe da Lava Jato acusou o petista de liderar uma organização criminosa.

No julgamento, a maioria dos ministros entendeu que houve “excesso” na divulgação da denúncia contra Lula e que o ex-procurador ofendeu a honra e a reputação do ex-presidente.

O PowerPoint foi apresentado durante uma entrevista coletiva da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, em setembro de 2016. O material virou assuntos dos principais jornais do país e também virou meme nas redes sociais.



Fonte: O São Gonçalo