Em jogo cercado de polêmicas, Equador e Brasil ficam no 1 x 1 pelas eliminatórias

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



Equador e Brasil ficaram no 1 x 1 na noite desta quinta-feira (27), no Estádio Casa Blanca, em Quito, pela rodada 15 das Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022. O jogo ficou marcado por grandes polêmicas e teve um personagem decisivo no confronto: o árbitro Wilmar Roldán.

O Brasil saiu na frente logo no começo da partida, com gol do volante Casemiro. Já o Equador empatou no segundo tempo com Félix Torres.

Contudo, o jogo teve um personagem a parte: o árbitro Wilmar Roldán, que se enrolou em vários lances. Antes, a partida contou com duas expulsões: do lateral-direito Emerson Royal, da seleção brasileira, e outra do goleiro Alexander Domínguez, do Equador.

As curiosidades do jogo ficaram marcadas em duas expulsões anuladas do goleiro Alisson pelo VAR. Em campo, Roldán teve de anular as expulsões, em lances distintos, com a interferência do árbitro de vídeo, além de dois pênaltis cancelados a favor da seleção mandante.

O Brasil já está classificado para o Mundial e é o líder das eliminatórias com 36 pontos. O Equador ocupa o 3° lugar com 24 pontos.



Fonte: O São Gonçalo