Coruja tyto é resgatada pela Guarda Ambiental de São Pedro da Aldeia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Uma coruja tyto, também conhecida como coruja-das-torres, foi resgatada pela Guarda Ambiental de São Pedro da Aldeia na Base Aérea Naval (BAeNSPA), no bairro Fluminense. Nesta sexta-feira (20), a Guarda recebeu a solicitação de oficiais da Marinha para o resgate da coruja, que se chocou com a vidraça de um hangar no complexo.

O animal foi levado para o veterinário, que confirmou, após exames de raio-x, alguns ferimentos na altura do peitoral. A ave foi medicada e a partir de agora ficará aos cuidados da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. No sábado (21), os agentes aldeenses retornarão ao veterinário para que o animal receba nova medicação.

 



A ave tinha alguns ferimentos e já iniciou o tratamento



A ave tinha alguns ferimentos e já iniciou o tratamento | Foto: Divulgação





 

Assim que a ave estiver reabilitada, a Guarda Ambiental irá fazer a soltura da coruja pelos arredores da Serra de Sapiatiba. O comandante da Guarda Ambiental, Thaian Carvalho, relatou o estado de saúde do animal. “Agora ela está bem e medicada, em um habitat provisório na Secretaria. Porém, precisará tomar outra dose de medicação amanhã e ficar em observação por mais alguns dias. Tudo seguindo bem, semana que vem iremos devolvê-la para a natureza”, disse. 

Coruja Tyto

A coruja-das-torres, Tyto furcata, ou Tyto alba, é uma espécie que pertence à família dos titonídeos, também conhecida pelos nomes de coruja-da-igreja, coruja-católica, rasga-mortalha e suindara. Elas habitam em diversos lugares do mundo e se encontram em todos os continentes exceto a Antártica. Esses animais gostam de lugares abertos e de climas que variam de temperados aos tropicais.

Fonte: O São Gonçalo