Contradições levatam suspeitas sobre suposta paternidade de Gusttavo Lima, veja!

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



Gusttavo Lima foi informado nos últimos dias que ele vem
sendo apontado como pai de uma moça de16 anos. Ela vive em Franca,
São Paulo, com Eloá Soares, sua mãe.Acontece que a versão contada pela mãe da jovem, não bate
com o que o cantor sertanejo e sua equipe relataram sobre a vida de Gusttavo na
época que a mulher teria ficado grávida. O colunista Leó Dias, resolveu, então, comparar as versões de Gustavo e Eloá. 

Confira: 

Eloá chegou a afirmar nas reportagens, que conheceu o cantor
em Franca, interior de São Paulo, no ano de 2004 e que ficou grávida dele no primeiro
encontro. 

“No ano de 2004 (data em que é citado o primeiro encontro),
o cantor Gusttavo Lima contava com 15 anos de idade e vivia com seus pais e
irmãos numa pequena comunidade rural no interior de Minas Gerais. Na época, até
mesmo por falta de recursos financeiros, o artista sequer conhecia alguma
cidade do interior paulista. Portanto, a história levantada não procede”,
afirmou a equipe do artista.

 Ainda em um vídeo divulgado pela página Choquei, o cantor comenta que na
época só tinha 15 anos, que não teria dinheiro pra comprar um lanche, muito
menos pagar um motel.

Porém, Eloá afirma que os dois teriam se conhecido naquela
época em Franca. E ainda afirma que consegue perceber uma semelhança física
entre sua filha e Gusttavo Lima. A farmacêutica também conta que ela e o
sertanejo se conheceram durante um curso de música na cidade. Porém, o Embaixador
afirma que nunca fez nenhum curso na carreira.

Eloá comenta que Gusttavo Lima ligou para ela antes do seu
casamento. A equipe do cantor, no entanto comenta que isso tudo foi ‘fruto da
imaginação’ dela.

Um outro fator importante, é que os fãs do cantor não teriam
achado nenhuma semelhança nos traços de Gusttavo com a suposta filha. 

A equipe do cantor confirmou para Léo Dias, que isso ainda pesará contra
Eloá Soares, pela divulgação de sigilo do processo e exposição da filha menor
de idade. 



Fonte: O São Gonçalo