Com sol forte, praias lotam no primeiro dia de feriadão no Rio

0
12


Com uma temperatura que chegou a 30 graus ainda pela manhã, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as praias da Zona Sul – que contaram com patrulhamento intensificado da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar – foram os pontos mais procurados para os que desejavam se refrescar do calor: apesar da pandemia, os cariocas não deixaram de aproveitar este que é o primeiro dia de feriadão e o primeiro sábado de sol desde o início da Operação Verão, iniciada há uma semana pela prefeitura.

Os pontos de maior aglomeração foram Ipanema, na altura do posto 9; e Copacabana, próximo ao Copacabana Palace. Outros locais muito visados como o Arpoador e o Leme também receberam muitos banhistas, mas numa proporção menor.

Ainda cedo, por volta de 10h, veículos – incluindo uma van de turismo – foram rebocadas na orla do Leme, próximo ao posto 1, por estarem estacionadas em local irregular. Além do uso de drones e de rondas preventivas a pé de e de carro, viaturas da Polícia Militar e da Guarda Municipal se fixaram em pontos estratégicos, como a entrada do Arpoador e a mureta do Leme.

Guardas e PMs também se instalaram na Praça General Osório, em Ipanema, com o objetivo de inibir tumultos e roubos, uma vez que o local é ponto de aglomeração por concentrar banhistas que vão para Ipanema e para o Arpoador.

Trecho entre as barracas 64 e 66, em Ipanema, era o de maior aglomeração
Trecho entre as barracas 64 e 66, em Ipanema, era o de maior aglomeração Foto: Giovanni Mourão

A fiscalização intensa no calçadão e nas ruas internas não alterou a rotina dos banhistas no bairro, que lotaram, praticamente, toda faixa de areia entre os postos 8 e 9. Por volta de 13h30, o ponto mais crítico era entre as barracas 64 e 66, onde milhares de pessoas se aglomeravam.

O objetivo da Operação Verão, iniciada no último dia 26, é antecipar a ocupação das praias ainda no inverno, que já está se encerrando com altas temperaturas.





Fonte:
G1