Coletivo Ponte Cultural promove leitura dramatizada online sobre as questões LGBTQIA+

0
20



‘Grace’ é inspirada na tragédia grega, Medeia, a peça tem a travesti e prostituta Grace como personagem principal da história. Ela é explorada por Ramón e acredita, piamente, que a relação abusiva que o pária a oferece é o único tipo de afeto possível que lhe cabe no mundo. Isso até a nossa heroína conhecer o Mercúrio, que surgem na sua vida como uma espécie de redenção para o que é bom e a apresenta um novo olhar para o amor. Só que o inimaginável acontece com Mercúrio e Grace se vê obrigada a tomar as rédeas da sua vida e provoca o mais ousado dos seus atos, sempre amparada pela amiga Vilma, que a dedica um afeto maternal, e por Djalma, que lhe ajuda na improvável ideia. Após a execução do seu plano vingativo Grace ressurge e chega, no final do espetáculo, como uma Fênix, corajosa e dona de si como nunca antes fora. 

A produção é uma parceria entre o Coletivo Ponte Cultural e o Acervo Grupo de Teatro, que estão aguardando os resultados dos editais da Lei Aldir Blanc. Ponte Cultura e Acervo já realizaram juntos o projeto teatral “Te Conto Agora”, apresentado no SESC São Gonçalo, em 2019.

Em tempos de pandemia e isolamento social, o grupo passou os últimos meses ensaiando de forma virtual e estão prontos para “receber o público”.

Segundo o autor do espetáculo, Sergio Santal, a peça/espetáculo/leitura tem como proposta dar protagonismo a um elenco, na sua maioria, preto e artistas independentes. “O projeto Grace nasceu da vontade de contar a história de personagens tão invisibilizados no nosso contexto, dando-os ares de semideuses tal como era feito na Antiguidade Grega em que os protagonistas das tragédias eram pessoas pertencentes à elite daquela sociedade. A leitura dramatizada servirá de termômetro para a equipe saber se a história reverbera e chega ao público. A expectativa, claro, são as melhores, pois, estamos com gana de contar esta história e queremos que o público abrace, também, esta trama, disse Santal.

O evento é gratuito, porém o grupo disponibilizou uma conta bancaria para arrecadação através da Contribuição Solidária. Os recursos serão destinados para a montagem do espetáculo tão logo as apresentações presenciais sejam retomadas.

De acordo com o diretor Wildson França, a Leitura possui estruturas que lembram a antiguidade e uma roupagem carioca e o público poderá lembrar de muitas pessoas do cotidiano e autores clássicos com essa rede que envereda a história e a torna cada minuto mais intensa. “Grace vive intensamente sua desventura, de ser miserável, preta, Trans num país que mais assassina LGBTQIA+ no mundo. Não tem sortilégio e fugas, segue o fluxo ruminante de uma sobrevida, por ser sub-humana”, declarou o diretor.

Por conta do Covid o grupo usa os recursos que a tecnologia oferece e promete ofertar uma leitura dramática como o bom e velho teatro, cada artista em sua casa ou abrigo, com força, vigor e acima de tudo verdade que o texto pede.

Ficha Técnica:

Texto: Sergio Santal

Direção: Wildson França

Elenco: Sérgio Santal, Daniel Vargas, Felipe Andrade, Rose Márcia Marques e Wayne Marinho

Produção: Marcos Moura

Serviço:

Data: 15 e 16/12/2020

Horário: 21h

Plataforma: Canal no Youtube https://www.youtube.com/channel/UCFu3PsofgqmaMna6bIc04ng

Classificação Etária: 16 anos

Contatos e informações:

Tel.: (21) 99266-0026 – Marcos Moura

E-mail: [email protected]

Contribuição Solidária serão bem vindas!

Banco: Nubank

Agência: 0001

Conta: 55438370-5

Beneficiário: Sérgio de Oliveira Santos Junior



Fonte: O São Gonçalo