Cirurgia de hérnia tira ex-Flamengo da Ucrânia antes da invasão russa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



Uma operação de hérnia tirou o ex-meia do Flamengo Alan Patrick, do Shakhtar Donetsk, da guerra na Ucrânia, antes da invasão russa. Isso porque o jogador saiu deixou a capital do país, Kiev, na segunda-feira (21), e realizou o procedimento cirúrgico na Alemanha, na terça-feira (22), data de quando começou o conflito.

Em sua rede social, Alan Patrick relatou que vinha sentindo fortes dores abdominais, e os médicos do Shakhtar Donetsk aconselharam que ele fizesse a cirurgia na Alemanha. O meia-campista já está no Brasil com a família.

“Eu não vinha conseguindo jogar e treinar por conta de uma dor abdominal que eu vinha sentindo. Os médicos estavam suspeitando de que podia ser uma hérnia. Marcamos um especialista na Alemanha, passamos na consulta, foi diagnosticado. Aconteceu tudo muito rápido, foi marcada a cirurgia para o dia seguinte, correu tudo bem”.

“Muitas pessoas perguntaram onde eu estava, por que eu não apareci com eles. Conto com a oração de todos e o apoio de todos. Que as autoridades brasileiras possam encontrar o mais rápido possível uma solução para tirar os brasileiros de lá. Paz para o mundo, orações para a Ucrânia. Em nome de Jesus tudo isso vai passar”, completou Alan.

Alguns jogadores brasileiros caminharam da cidade de Lviv, na Ucrânia, para Zamosc, território polonês, nesta sexta-feira (25).



Fonte: O São Gonçalo