Bolsonaro responde Fachin sobre interferência militar nas eleições

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



O presidente da República, Jair Bolsonaro, respondeu a fala do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, sobre a interferência das Forças Armadas nestas eleições. Em live realizada nesta quinta-feira (12), Bolsonaro disse que não sabe de onde o ministro tirou esse ‘fantasma’.

“Eu não sei de onde ele está tirando esse fantasma que as Forças Armadas querem interferir na Justiça Eleitoral”, disse Bolsonaro.

O ministro Edson Fachin falou, também nesta quinta (12), que “a contribuição [das Forças Armadas] que se pode fazer é de acompanhamento do processo eleitoral. Quem trata de eleição são ‘forças desarmadas'”. 

Ainda incomodado com as falas de Fachin, Bolsonaro diz que ninguém está ‘incorrendo em atos antidemocráticos’. “Não existe interferência, ninguém quer impor nada, ninguém quer atacar as urnas, atacar a democracia, nada disso. Ninguém está incorrendo em atos antidemocráticos. Pelo amor de Deus! A transparência das eleições, eleições limpas, transparente, é questão de segurança nacional”, disse.

Leia mais: Fachin diz que não vai aceitar ‘intervenção’ das Forças Armadas nestas eleições



Fonte: O São Gonçalo